Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
Manaus

Briga na Unidade Prisional do Puraquequara termina em morte

O suspeito do crime deu murros e pancadas no companheiro de cela e só avisou à direção horas depois



1.jpg Detentos seriam companheiros de cela e morte foi motivada por uma briga
23/09/2013 às 19:03

Uma briga que ocorreu por volta das 10h desta segunda-feira (23) entre dois detentos da Unidade Prisional do Puraquequara resultou na morte de um deles, Leonardo Arraes Lopes, 22. O suspeito do crime seria Adalberto Salomão Guedes da Silva, 23.

De acordo com o delegado titular do 28º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Marcos Graciano, em depoimento o suspeito não quis falar sobre a briga e nem confessou o crime. “Os dois dividiam a mesma cela e Adalberto deu muitos murros e pancadas no Leonardo, que caiu no chão”, afirma o delegado.



Graciano também informou que Adalberto só avisou à direção do presídio sobre o crime horas depois. “A perícia, o SAMU e a direção só ficaram sabendo do ocorrido horas depois; naquela altura o Leonardo já estava morto”.

Outros dois detentos – Adelmo dos Santos Lacerda e José Eduardo Abreu da Silva – foram encaminhados à delegacia para dar esclarecimentos sobre o caso como testemunhas. Adalberto será indiciado por homicídio e continuará preso na Unidade Prisional do Puraquequara.

De acordo com o Sistema de Automação da Justiça (e-SAJ), Adalberto já cumpria penas por homicídio simples e qualificado, além de crime contra o Sistema Nacional de Armas.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.