Publicidade
Manaus
PERIGO

Bueiro sem tampa e buracos geram transtornos na avenida Eduardo Ribeiro

Falta de tampa em bueiro já causou acidentes na via do Centro de Manaus e as falhas no piso preocupam quem frequenta a região 13/01/2019 às 20:44 - Atualizado em 14/01/2019 às 08:37
Show bueiro sem tampa manaus 2f765015 f7ef 4298 99da b191d1fe308b
Foto: Euzivaldo Queiroz
Izabel Guedes Manaus (AM)

Um bueiro aberto na calçada da avenida Eduardo Ribeiro, no Centro de Manaus, tem preocupado quem trabalha e faz compras pela área. Isso porque o buraco, que fica entre a avenida e a rua Henrique Martins,  está sem tampa, podendo causar acidentes.

Funcionário de um consultório odontológico, Thiago Estácio, 23, conta que presenciou quando um amigo dele caiu no bueiro e machucou a perna. “Isso está assim faz um tempão. Antes estava só com a tampa quebrada. Meu amigo caiu e ficou com a perna toda ralada, mas já vi outras pessoas se acidentarem. Uma vez um rapaz ficou engatado com um carrinho de bebê”, disse. “Espero que resolvam logo”, cobrou ele.  

Outros trabalhadores da área disseram que funcionários da Prefeitura estiveram no local, porém,  apenas retiraram a tampa quebrada. “Semana passada, a gente viu o pessoal que faz obra aqui, mas só tiraram a tampa quebrada e deixaram assim. É perigoso não é? As pessoas podem cair e  se machucar como já aconteceu”, comentou o vendedor Fabrício Silva. 

Em novembro do ano passado, uma mulher prendeu a perna em um bueiro que estava com a tampa quebrada. Ela precisou da ajuda do Corpo de Bombeiros para se soltar.

Paralelepípedos

Para quem transita pela avenida Eduardo Ribeiro, o risco se estende a outros pontos, onde parte dos paralelepípedos também estão danificados. Próximo do Teatro Amazonas, o piso está cedendo devido a pressão dos carros. “Isso nunca deu certo e ainda foi mal colocado. Esse aqui está ficando danificado. Essa situação faz as pessoas tropeçarem e ainda prejudica os carros que podem cair no buraco”, disse indignado o autônomo Paulo Guilhermo, 39, que mora nas proximidades da avenida. 

Outros dois pontos da Eduardo Ribeiro apresentavam problemas com as pedras danificadas. Um deles é onde funciona o estacionamento rotativo Zona Azul. A reportagem do Portal A Crítica esteve no local no último final de semana e verificou que uma massa de cimento foi colocada em um dos buracos, localizado entre a Eduardo Ribeiro e rua 24 de Maio. Em outro trecho, apenas areia foi colocada cobrir cratera.

Revitalização

O resgate das pedras de lioz e dos paralelepípedos, antes encobertos pelas camadas de asfalto, foram feitos durante uma revitalização na avenida entre os anos de 2015 e 2016. A ideia da obra era manter o piso original, datado do século XIX. A obra foi executada pela Prefeitura de Manaus.

Seminf diz que faz a manutenção

Em nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou que  já está fazendo o trabalho de manutenção na avenida Eduardo Ribeiro  e que na semana passada, as equipes estiveram no trecho entre as ruas Saldanha Marinho e 24 de Maio, realizando a manutenção do paver (blocos pré-moldados de concreto ou paralelepípedos) encaixados em toda a extensão da via, além de realizar a manutenção em uma rede de drenagem profunda e em uma caixa coletora.  Já no cruzamento com a rua Henrique Martins, a Seminf iniciou  a recuperação de uma tampa de bueiro que foi quebrada devido ao acesso irregular de veículos pesados durante a madrugada.

Falhas patológicas

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) acrescentou ainda que, com o tempo, as estruturas de concreto que ficam expostas ao clima e ao impacto dos veículos, costumam apresentar falhas patológicas. Por conta disso, é importante realizar uma manutenção periódica para corrigir essas falhas que normalmente surgem.

Publicidade
Publicidade