Publicidade
Manaus
(In)mobilidade

Grande quantidade de buracos põe em risco o trânsito em avenida da Zona Norte

Comendador José Cruz é a via que dá acesso ao conjunto Viver Melhor e a muitos condomínios da região 02/07/2017 às 18:27 - Atualizado em 02/07/2017 às 18:55
Show sasasas
Seminf prometeu vistoriar o local e, se considerar necessário, fazer uma manutenção emergencial na avenida. Foto: Jander Robson/Freelancer
Camila Pereira Manaus (AM)

Moradores de condomínios e do residencial Viver Melhor denunciam a falta de ações de infraestrutura na avenida Comendador José Cruz, Zona Norte de Manaus, que dá acesso às áreas habitacionais. A extensão do local, que é uma importante via de acesso dos moradores, é tomada por buracos, o que prejudica o tráfego de veículos e pedestres. 
 
Segundo o morador Anderson Serra, desde o ano passado a avenida não recebe ações de tapa buraco por parte da Prefeitura de Manaus. “Como não tem manutenção e o fluxo de veículos é muito grande, principalmente dos pesados e ônibus, influenciam na situação. Desde novembro ou dezembro nenhum serviço de asfalto é feito nessa rua”, disse. “Para fugir dos buracos, os motoristas tentam até desviar pelo meio-fio, o que é perigoso para eles e para os pedestres. É preciso passar como dá”, acrescentou. 

 
O gerente de lanchonete Eder Castro, que  trabalha na avenida, comentou que já viu um acidente acontecer por conta do buraco na rua. “Em uma noite dessas, um motoqueiro passou pelo buraco, perdeu o controle da moto e acabou sendo ‘jogado’. Nós o ajudamos, mas é realmente perigoso. É complicado, porque a pessoa desvia de um buraco, mas acaba caindo em outro”, afirmou Eder Castro. 


A situação se agrava em períodos de chuva, segundo a estudante Luiza Fernandes. "Quando chove, fica muita lama e os motoristas não conseguem ter a dimensão real do buraco e acabam caindo, e gerando até um prejuízo no carro. E os ônibus que passam, acabam jogando lama nos pedestres que estão esperando ônibus ou andando na calçada”, completou.

Vistoria e obras
Em nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou que será feita uma visita técnica ao local no dia 10 de julho e que a programação de manutenção está prevista para o início do mês de setembro. A pasta, no entanto, ressaltou que  poderá fazer uma manutenção emergencial no local.
 
A Seminf informou  ainda  que “o distrito de obras que faz manutenção área atendeu os conjuntos Viver Melhor I - 1ª e 2ª etapa, e os loteamentos Paraíso Verde, Acará, Parque dos Guaranás e sequencialmente a comunidade Lago Azul será beneficiada com melhorias na infraestrutura”. 

Publicidade
Publicidade