Publicidade
Manaus
Manaus

Cabos eleitorais de diferentes candidatos disputam espaços em calçadas de Manaus

A equipe de A CRÍTICA esteve no sábado (20) de manhã na Bola do Produtor, Zona Leste, onde flagrou a agitação e a tensão entre cabos eleitorais na disputa por cada palmo de calçadas 22/09/2014 às 11:43
Show 1
Cabos eleitorais de diferentes candidatos disputam cada palmo das calçadas
Luciano Falbo ---

A disputa de espaço para exibição de bandeiras e cavaletes de candidatos tem tomado conta das principais vias da cidade de Manaus. A equipe de A CRÍTICA esteve no sábado de manhã na Bola do Produtor na Zona Leste, onde flagrou a agitação e a tensão entre cabos eleitorais. Os comerciantes da Feira do Produtor Rural relataram que na última semana a polícia foi chamada duas vezes para conter os ânimos no local.

Pela manhã, principalmente nos fins de semana, toda a extensão da rotatória fica tomada por cabos eleitorais munidos de bandeiras e cavaletes, vestidos com as camisas dos candidatos e, alguns, distribuindo sorrisos e santinhos. Os coordenadores dos cabos eleitorais ficam no centro da bola, conferindo se eles estão fazendo “corpo mole”, enquanto trabalham debaixo do Sol.

O trânsito fica caótico no ápice da manhã, por volta das 10h. Carros e motos de som dos candidatos, com um volume ensurdecedor, tocam as músicas de campanha dos candidatos, principalmente dos dois pleiteantes ao governo que lideram as pesquisas de intenção de voto, Eduardo Braga (PMDB) e José Melo (Pros). Mas, os candidatos a deputado estadual e federal, e os pretensos senadores também têm parcela significativa de participação para a montagem do cenário.

Os veículos fazem inúmeras voltas na rotatória e, na maioria das vezes, com a confusão de sons, é impossível ouvir a mensagem que os candidatos procuram reproduzir com as canções. As que são audíveis, num gesto quase automático, em poucos minutos, já estão sendo cantaroladas por quem caminha por ali, devido ao número exaustivo de vezes em que o trecho principal é executado. No local, também é grande a quantidade de santinhos e restos de adesivos jogados na rua.

Em menor escala, o cenário se repete em outros pontos da cidade. Há bandeiraços diários na rotatória do conjunto Eldorado, na praça do conjunto Dom Pedro, em diversos pontos das avenidas Grande Circular, Noel Nutels e Torquato Tapajós, nas proximidades do Cemitério São João Batista no Boulevard Álvaro Maia e em pontos do Centro, como na feira dominical da avenida Eduardo Ribeiro.

Publicidade
Publicidade