Publicidade
Manaus
ATIVIDADE FÍSICA

Caminhada Nacional estimula práticas saudáveis na Ponta Negra, em Manaus

A ação contou com atendimento ao público para diagnóstico de sobrepeso, obesidade, bem como orientações sobre o nível de peso, além de danças aeróbicas e outras atividades 21/10/2018 às 13:07
Show caminhada agora 7333ed7f 2295 43ff 805a cb912a51260d
A caminha foi realizada no Complexo Turístico Ponta Negra(Foto: Euzivaldo Queiroz)
Karol Rocha Manaus (AM)

Com o intuito de estimular a sociedade para práticas saudáveis, atividade física e boa alimentação, Manaus recebeu neste domingo (21) a primeira edição do Caminhada Nacional de Combate a Obesidade no Complexo Turístico Ponta Negra, zona Oeste. 

"Por que se preocupar com essa epidemia? A obesidade acarreta uma série de outras doenças como hipertensão, diabetes, doenças articulares, varizes, apinéia do sono, dentre outros. Traz uma sobrecarga no sistema de saúde enorme além do prejuízo. O objetivo é despertar com a prevenção para que as pessoas olhem para sua saúde evitem que se transformem em obesos", explica o cirurgião bariátrico, médico Victor Dib.

A caminhada foi uma realização da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), coordenada por cirurgiões, educadores físicos e profissionais multidisciplinares associados. 

A ação contou com atendimento ao público para diagnóstico de sobrepeso, obesidade, bem como orientações sobre o nível de peso, além de danças aeróbicas e outras atividades.
 
Mudança de Hábito

Quem mudou de vida foi a técnica de enfermagem, Vanessa Santos de 38 anos, ela pesava 116 kg antes da cirurgia bariátrica. "Com a primeira orientação e dieta passada pelo doutor, consegui perder oito quilos. A minha cirurgia aconteceu em maio de 2008 e eu estava pesando 108. Eu emagreci 40 quilos e hoje, estou com 70 quilos e saudável. Depois disso nunca deixei de cuidar do corpo, foi uma transformação de vida mesmo. Tem que mudar a alimentação, fazer exercícios para manter o peso", conta.

Obesidade

Conforme dados do Ministério da Saúde, o Brasil está na posição 5º no ranking mundial da obesidade. A  doença é uma realidade para 18,9% dos brasileiros.  Já o sobrepeso atinge mais da metade da população, ou seja, 54%. Entre os jovens, a obesidade aumentou 110% entre 2007 e 2017.

Publicidade
Publicidade