Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
Manaus

Campanha de Vacinação Antirrábica deve imunizar 210 mil cães e gatos

Na zona rural da cidade, a campanha aconteceu entre março e abril deste ano, garantindo a imunização de mais de 2,5 mil animais.



1.jpg Campanha de Vacinação Antirrábica deve imunizar 210 mil cães e gatos
20/08/2012 às 21:04

A Prefeitura de Manaus iniciou nesta segunda-feira (20), a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal, que deve imunizar, aproximadamente, 210 mil cães e gatos, na zona urbana da cidade. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Francisco Deodato, a previsão é de que o trabalho dos vacinadores se estenda até o dia 3 de outubro. A vacinação começou por áreas do Monte Sião, Bairro Novo, Cidade de Deus, Braga Mendes, Mauazinho, Parque São Pedro e União da Vitória, onde as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) devem continuar trabalhando nesta terça-feira (21).

Francisco Deodato explica que, na zona rural da cidade, a campanha aconteceu entre março e abril deste ano, garantindo a imunização de mais de 2,5 mil animais. Para a realização da campanha da zona urbana, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) contratou, em regime temporário, 165 vacinadores, selecionados por meio de Processo Seletivo Simplificado, realizado em junho. 



O diretor do CCZ, médico veterinário Francisco Zardo, explica que os vacinadores/registradores atuam em dupla e estão identificados pelo colete azul do órgão. Zardo destaca que é importante que os vacinadores contem com a colaboração dos donos dos animais, no momento da vacinação. “É o próprio dono que deve fazer a contenção do animal, com o uso, inclusive, de coleira e focinheira, se o animal dispuser”, orienta o veterinário.

Feira de adoção

No próximo sábado (25), acontecerá, na sede do CCZ, mais uma Feira de Adoção de cães e gatos. O evento tem a parceria de entidades protetoras dos animais e acontece a partir das 8h. Francisco Zardo informa que serão disponibilizados 40 animais (entrecães e gatos), devidamente castrados e vermifugados (medicados contra parasitoses).

A pessoa interessada em adotar o animal precisa apresentar apenas documento de identidade, CPF e comprovante de residência. As feiras de adoção em parceria com instituições e ensino e organizações não-governamentais, têm sido uma das estratégias utilizadas pelo CCZ para garantir que os animais resgatados ou entregues ao centro pelos antigos donos, encontrem um novo lar.


*Com informações de assessoria


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.