Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Manaus

Campanha pretende imunizar 300 mil crianças contra poliomelite e sarampo

Campanha Nacional tem como meta vacinar, no Amazonas, 141 mil crianças contra a poliomelite e outras 160 mil contra o sarampo



1.jpg Em Manaus, a campanha de vacinação segue até o dia 28 de novembro, com meta de imunizar mais de 300 mil crianças
03/11/2014 às 23:12

No próximo dia 8 de novembro inicia a 25º Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e sarampo e segue até o dia 28. Em Manaus, a meta é vacinar 141 mil crianças contra o sarampo e 160 mil contra a poliomielite, segundo o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

De acordo com o secretário, o objetivo será manter a erradicação da poliomielite no País e controlar os casos de sarampo que têm aparecido, sobretudo, no Nordeste. Homero lembra que ainda são registrados muitos casos de sarampo no mundo e o Brasil, apesar de ter passado alguns anos sem novos casos da doença, de 2013 a 2014 foram registrados 596 casos. “Nós precisamos manter a poliomielite erradicada e o sarampo também precisa se manter controlado. Isso só é possível com a vacinação”, explicou Homero.

Ainda de acordo com Homero de Miranda Leão, no dia “D” serão disponibilizados 1.030 postos de vacinação em toda a cidade e, posteriormente, todas as UBS vão disponibilizar a vacina para os pais que deixarem de vacinar os filhos. “Os efeitos após a vacina são aqueles que os pais estão acostumados, mas isso não é motivo para deixar de imunizar as crianças”, disse Homero. Para os pais que têm algum receio de vacinar o filho quando ele estiver gripado, o secretário informa que não há contraindicação, por isso, não há motivo para medo.

Meta

De acordo com dados do Ministério da Saúde, a campanha contra a poliomielite pretende vacinar 12,7 milhões de crianças por todo o País, tendo como alvo bebês de seis meses até crianças menores de 5 anos. Serão 17,8 milhões de doses da vacina oral poliomielite (VOP), a “gotinha”.

A primeira imunização das crianças contra a pólio deve ser feita aos 2 meses de vida, com a vacina inativada poliomielite (VIP). Os bebês maiores de 6 meses que não receberam essa primeira dose, devem tomar a VIP.

No Estado do Ceará, que teve 224 casos no período de março de 2013 a março deste ano, e também em algumas cidades de Pernambuco, a campanha teve que ser antecipada para interromper a cadeia de transmissão da doença.

Facilidade para os pais

Para dar uma forcinha aos pais na hora de manter o cartão de vacina em dia, o Ministério da Saúde lançou um aplicativo gratuito que funciona como uma carteira de vacinação eletrônica: a partir da idade e do registro das imunizações já realizadas, o programa emite alertas sobre as próximas vacinações.

Dia ‘D’

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão, 5.384 mil funcionários irão atuar no dia “D” da vacinação contra poliomelite e sarampo. A abertura da campanha acontecerá na Unidade Básica de Saúde (UBS) Balbina Mestrinho, localizada na rua 17, núcleo 3, bairro Cidade Nova 1, Zona Norte.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.