Publicidade
Manaus
Manaus

Candidata chega atrasada no Enem e é consolada pela mãe no Centro de Manaus

Chorando muito, ela foi consolada por um grupo de universitários da Igreja Adventista do Sétimo Dia, que dava apoio a quem chegava. A mãe dela, explicou o motivo do atraso."A avenida Eduardo Ribeiro está fechada para obras e tivemos que dar a volta" 24/10/2015 às 11:21
Show 1
Candidata foi consolada pela mãe
natália caplan ---

CONFIRA AQUI GALERIA DE IMAGENS 

Após as 11h os portões das escolas que  sediam as provas do Enem 2015 em Manaus foram fechadas. No Instituto de Educação do Amazonas (IEA), em frente à Praça do Congresso, no Centro, muitos candidatos correram para não ficar do lado de fora.

Porém, uma moça chegou menos de um minuto após o fechamento dos portões. Chorando muito, ela foi consolada por um grupo de universitários da Igreja Adventista do Sétimo Dia, que dava apoio a quem chegava. A mãe dela, explicou o motivo do atraso."A avenida Eduardo Ribeiro está fechada para obras e tivemos que dar a volta" .



ENEM 2015 – CRONOCRAMA

Centenas de candidatos aguardam para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em diferentes partes de Manaus. No Centro, eles ocuparam as calçadas em frente às escolas, até a abertura dos portões, às 10h.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o Amazonas registrou 156.735 inscritos em 2015.

Diferentemente do que costuma-se ver em todo o Brasil, muitos chegaram com uma hora de antecedência para garantir a entrada e escolher um bom lugar na sala de aula. Foi o caso de João Carlos Freitas, 17.

"Não quis correr o risco de me atrasar e quero sentar em um lugar bom, mais perto do ar condicionado", disse o estudante, que foi um dos mais pontuais na Escola Estadual Dom Pedro II. Ele pretende cursar Artes Visuais em São Paulo.

E não são somente quem se inscreveu na prova que acordou mais cedo neste sábado de feriado. Vendedores ambulantes montaram um "acampamento" nas proximidades dos colégios.

Auxiliar de cozinha, Zirlei do Rosário Moreira, 41, escolheu o Colégio Brasileiro Pedro Silvestre para conseguir uma renda extra. "Vendo quatro caixas de canetas por dia de Enem. São 200 canetas a R$ 2 a unidade", revelou.

Essas e outras informações sobre o Enem 2015 em Manaus você confere ao longo do dia no acrítica.com. 



Publicidade
Publicidade