Publicidade
Manaus
Manaus

Candidatos classificados para o Bolsa Idiomas devem entregar documentos a partir desta terça

Quem não apresentar a documentação necessária até o dia 26 de março estará automaticamente eliminado do processo da Prefeitura de Manaus 23/03/2015 às 15:26
Show 1
7.215 candidatos foram classificados para o Programa Bolsa Idiomas 2015
acritica.com* Manaus (AM)

Os candidatos classificados para o Programa Bolsa Idiomas 2015, realizado pela Prefeitura de Manaus, devem entregar a documentação exigida no edital, no período que começa nesta terça-feira (24) e vai até quinta-feira (26).

Caso algum dos 7.215 mil classificados não entregue a documentação necessária até o prazo determinado, o candidato será automaticamente eliminado. A lista com os nomes dos classificados está disponível no site http://bolsaidiomas.manaus.am.gov.br.

Para entregar os documentos, os candidatos devem se dirigir à sede da Escola de Serviço Público Municipal (Espi), na avenida Professor Nilton Lins, 3259, Bloco D, Parque das Laranjeiras, no horário de 8 h às 17 h. O Bolsa Idiomas é coordenado pela Espi, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad).

Os documentos exigidos são cópia do RG e CPF do estudante contemplado e dos familiares maiores de idade, que residem na mesma casa; certidão de nascimento do aluno e dos menores de idade que residem com ele; comprovante de residência, que seja do mesmo endereço informado no ato da inscrição e que tenha menos de três meses de expedição.

Precisam entregar, ainda, a declaração de conclusão de ensino médio ou comprovante de que estão cursando. Devem apresentar a declaração de rendimento familiar, documento que pode ser impresso direto do site, no link Portal do Candidato. Também devem ter em mãos o comprovante de renda de todos os que moram na residência do candidato. Pessoas com deficiência devem apresentar laudo médico emitido por uma junta médica oficial da Prefeitura ou Estado.

A diretora geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, faz um apelo para que os estudantes não deixem para a última hora a entrega da documentação. “O ideal é que façam isso com bastante antecedência, com tempo hábil para providenciar algum documento que falte”, alerta.

Os candidatos portadores de deficiência terão guichês de atendimento exclusivo. A intenção segundo a diretora da Espi é dar maior atenção a este público e analisar detalhadamente os documentos entregue por eles.

Durante a entrega da documentação, os candidatos classificados receberão um manual com os deveres e direitos dos bolsistas. "Sempre surgem dúvidas quanto aos projetos de contrapartida, por exemplo, por isso, consideramos necessário disponibilizar um manual para dar todas as orientações aos estudantes", disse.

As escolas de idiomas que participam do programa estarão com stands montados na sede da Espi, no período da entrega de documentos, também para orientar e tirar dúvidas dos estudantes, com relação ao processo de matrícula.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade