Publicidade
Manaus
Manaus

Candidatos prejudicados em escolas sem energia poderão refazer exame, diz Inep

Problema afeta pelo menos três escolas na capital e Instituto diz que entrará em contato com candidatos. Temporal deste domingo (9) ainda causou desabamento de galpão na Zona Sul e deslizamento de terra na Zona Norte 09/11/2014 às 16:27
Show 1
Candidatos prejudicados terão uma nova chance, segundo o Inep
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

Mais de mil candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) prejudicados em escolas que sofreram com falta de energia, devido à forte chuva que atingiu Manaus neste domingo (9), terão o direito de refazer os testes deste domingo (9). A informação foi confirmada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação das provas.

De acordo com a assessoria de imprensa do Instituto, os alunos serão informados da nova data para a realização do exame, que aconteceu em todo o País. O órgão não disse a data e nem se haverá mudança de local, mas frisou que entrará em contato. Apenas na Escola Estadual Eldah Bitton, no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, 1.134 concorrentes fariam as provas de Linguagem, Códigos e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias e Redação.


Falta de energia prejudicou andamento de provas no "Quarentão" (Divulgação)

De acordo com a coordenadora da unidade de ensino, que pertence à Secretaria de Estado de Educação (Seduc), os alunos serão informados em até 15 dias sobre a nova data do exame. 

A falta de energia também prejudicou candidatos na Escola Estadual Professor José Berlardino Lindoso (local conhecido como "Quarentão"), na Cidade Nova, Zona Norte, mas eles conseguiram realizar a prova. Já na Escola Estadual Profª Adelaide Tavares de Macedo, no Alvorada, Zona Oeste, o problema também impediu o avanço nos testes e o enem foi cancelado no local. Em ambos locais, o número de candidatos presentes não foi informado.


Problema também atingiu a escola estadual Adelaide Tavares de Macêdo (Márcio Silva)

A reportagem tenta, desde o início da manhã deste domingo, contato com a Eletrobras Amazonas Energia - que deveria trabalhar na recuperação da eletricidade nestes pontos - porém nenhuma ligação foi concluída.

Prejuízos

A falta de energia na escola foi um dos prejuízos trazidos pela forte chuva que cai em Manaus neste domingo. Em quatro horas, um galpão desabou sobre um carro no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus. Ninguém ficou ferido. A Defesa Civil também registrou durante a manhã um deslizamento de barranco no bairro Vale do Sinai, Zona Norte da capital. Na ocasião, a terra atingiu a parede de uma residência. 

*Com informações do repórter Alik Menezes

Publicidade
Publicidade