Publicidade
Manaus
POLÍTICA

Candidatura à reeleição de deputado estadual Abdala Fraxe é barrada pelo TRE-AM

A contestação da candidatura ocorreu devido à sua condenação por cartel em abril de 2017, resultado da “Operação Carvão”, instaurada para apurar a prática de cartel no setor de vendas a varejo de combustíveis derivados do petróleo em Manaus 19/09/2018 às 19:13 - Atualizado em 19/09/2018 às 19:14
Show abdala c243b209 d0f1 4096 9e5b 82eaab398637
Deputado estadual Abdala Fraxe. Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM) decidiu por cinco votos a um que o deputado estadual e candidato à reeleição Abdala Fraxe (Podemos) não poderá disputar o pleito deste ano, a decisão ocorreu devido ao pedido de impugnação realizado pelo Ministério Público Eleitoral no Amazonas (MPE-AM).

A contestação da candidatura ocorreu devido à sua condenação por cartel em abril de 2017, resultado da “Operação Carvão”, instaurada para apurar a prática de cartel no setor de vendas a varejo de combustíveis derivados do petróleo em Manaus.     

Durante coletiva no TRE-AM na tarde desta quarta-feira (19), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), desembargador João Simões, foi questionado sobre a impugnação da candidatura do deputado, e destacou que ainda há possibilidade de recursos.

“Por mais que esse processo se conclua no TRE-AM, ainda há uma possibilidade que haja um recurso para resolver essas questões em tempo hábil. Mas o candidato ou o Ministério Público ou a parte que impugnou tem direito ao recurso porque é facultado ao candidato mesmo impugnado que ele participe das eleições no que nós chamamos na condição sub judice. É um processo que ele não se encerrou hoje, mas está em curso”, finalizou.

Publicidade
Publicidade