Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
DESAPARECIDO

Canoeiro desaparece ao fazer travessia de passageiros de Manaus até o Careiro

Moisés Guedes, 58, foi visto pela última vez na tarde de sexta (17) quando aceitou transportar três homens do porto da Manaus Moderna até a comunidade Terra Nova



12JH_AD347EDB-DD5F-4403-808F-31D503B41D26.jpg Foto: Divulgação
20/08/2018 às 09:40

O canoeiro Moisés Guedes Ferreira, de 58 anos, desapareceu misteriosamente na tarde da última sexta-feira (17), em Manaus, ao fazer a travessia, pelo rio Negro, de três passageiros do porto da Manaus Moderna, na orla sul da cidade, até a comunidade Terra Nova, no município Careiro da Várzea, a 25 quilômetros da capital. Desde então, ele não foi mais visto.

Segundo familiares, Moisés Guedes cobrou R$ 400 pelo serviço. Kaellen Honório, 25, sobrinha do canoeiro, disse que os três homens começaram a negociar com o tio dela por volta das 11h30. “Os amigos dele, canoeiros, que não quiseram fazer o frete, falaram que ele cobrou R$ 400 e saiu de lá (do porto) por volta das 12h. Foi na última vez que foi visto e não tivemos mais nenhuma notícia sobre o paradeiro dele”, disse.



O canoeiro trabalha nessa atividade há mais de 22 anos e conhece bem as rotas. Por isso a sobrinha não acredita que algum acidente tenha ocorrido com o tio dela. “São muitos anos trabalhando ali, ele sabe o que faz”, disse. Desde que souberam do desaparecimento, familiares do canoeiro estão fazendo buscas na possível rota que tio tenha percorrido.

“Já fomos aos postos de gasolina, no Porto da Ceasa, na comunidade Terra Nova e no Careiro. A gente já foi em todos os locais possíveis e ninguém sabe de nada, ninguém viu nada e ele é conhecido em muitos desses lugares porque trabalha nessa atividade há muitos anos. Está muito estranha história”, disse.

Segundo Kaellen, os três homens não são conhecidos na Manaus Moderna, mas os amigos do canoeiro afirmam que podem reconhecer o trio em qualquer lugar, caso encontrem. “Os amigos dizem que os caras não são conhecidos lá, mas conseguem reconhecer os caras em qualquer lugar”, disse.

Os familiares do canoeiro registraram o desaparecimento dele no 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Centro da cidade, na manhã do último sábado (18). Quem souber informações sobre o paradeiro de Moisés Guedes pode entrar em contato pelo telefone (92) 99499-2493.


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.