Publicidade
Manaus
SUPERAÇÃO

Cantor Arlindo Júnior tem melhora durante tratamento contra o câncer

Ex-item do Caprichoso está em Manaus após passar por exames em São Paulo, onde realiza tratamento desde o ano passado. Em suas redes sociais, ele afirmou que o câncer continua e que "vai continuar a luta" 13/03/2017 às 15:27
Show show arlindo j nior
Cantor foi diagnosticado com câncer em novembro do ano passado (Foto: Divulgação)
acrítica.com Manaus (AM)

O ex-item do Caprichoso e ex-vereador, Arlindo Júnior, teve uma melhora no quadro clínico após ser diagnosticado com câncer no ano passado. Júnior está em Manaus desde a última quinta-feira (9) após passar por exames em São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa do cantor, ele deve retornar para a cidade entre o final de março e início de abril para dar continuidade ao tratamento.

O câncer na pleura foi confirmado em Arlindo Júnior em novembro de 2016, desde lá, ele tem passado por sessões de quimioterapia em São Paulo. O tratamento tem sido à base de comprimidos. A assessoria de imprensa do cantor disse que a melhora no quadro clínico de Arlindo deve-se aos medicamentos, que têm impedido o acúmulo de líquido na pleura.

Em comunicado publicado em sua rede social nesta segunda-feira (13), Arlindo Júnior agradeceu o apoio do público que o acompanha.

“Estou em Manaus e vou continuar o tratamento. Estou melhor, mas o câncer continua no pulmão e na pleura. Vou continuar essa luta. Em breve volto a São Paulo para continuar o tratamento”, disse ele.

Câncer

O ex-vereador e ex-item do Caprichoso, Arlindo Júnior, foi diagnosticado com câncer na pleura em novembro do ano passado. Segundo comunicado divulgado pelo político na época, em junho de 2016 ele foi diagnosticado com inflamação no pulmão em São Paulo. Embora tenha apresentado melhora com os medicamentos, voltou ao hospital em outubro, desta vez em Manaus, para fazer outro exame, pois segundo ele, estava sentindo falta de ar.

“Lá descobri que tive um derrame pleural, vulgo água na pleura. Passei por um procedimento para retirada do líquido e precisei ficar internado por 10 dias. De alta, fui para casa com a recomendação que ficasse 15 dias de recuperação”, disse ele na ocasião.

Após passar mal novamente, o político foi internado no dia 2 de novembro para realização de outro procedimento médico, onde foi detectado o câncer.

Publicidade
Publicidade