Publicidade
Manaus
Segurança nos Jogos

Curso para instituições policiais visa inibir narcóticos durante as Olimpíadas

Investigação Criminal contra Narcóticos foi tema da série de atividades que começou dia 25 e encerrou nesta sexta, 29; finalidade é combater ações criminosas durante o maior evento do esporte amador internacional 30/07/2016 às 05:00 - Atualizado em 30/07/2016 às 09:51
Show prf1
Ao centro, policial rodoviária federal inspeciona veículo, numa das ações conjuntas do curso do IESP / Fotos: Divulgação/PRF
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Responsável por garantir a segurança com cidadania nas rodovias federais e áreas de interesse da União, a Polícia Rodoviária Federal do Amazonas (PRF) foi uma das instituições policiais participantes do Curso de Investigação Criminal com ênfase em Narcóticos, que começou no último dia 25 e encerrou nesta sexta, diz 29, finalizando o Programa de Capacitação visando os Jogos Olímpicos em Manaus – a capital vai receber 6 partidas do torneio de futebol nos dias 4, 7 e 9 de agosto na Arena da Amazônia.

Ministrado pelo Instituto Integrado de Ensino de Segurança Pública (IESP), a atividade foi a última de diversas atividades ministradas pelo IESP, que tiveram por objetivo a capacitação dos órgãos públicos para o maior evento do esporte amador internacional.No encerramento, os participantes realizaram uma parte prática no rio Negro, recebendo instruções e tendo, como apoio, a embarcação ferry boat cedida pela Polícia Civil (PC).

O objetivo foi capacitar os profissionais de segurança pública proporcionando conhecimentos que permitam a identificação das drogas mais usadas, da legislação específica, do tráfico ilícito de entorpecentes, bem como o seu uso indevido e da dependência química, bem como da atividade policial preventiva e repressiva. Especificamente, a atividade visou criar condições para que o policial pudesse ampliar seus conhecimentos para identificar as técnicas de investigação criminal de narcóticos para demonstrar a credibilidade e validade das informações que compõem a prova, bem como aplicar, em situações práticas, os conhecimentos adquiridos no curso ministrado pelo IESP.

No Amazonas, a Polícia Rodoviária Federal teve um total de 26 agentes no curso, que serão responsáveis por disseminar o aprendizado aos demais e tornará a segurança pública mais eficaz. Na turma, além de alunos de PRFs, houve também policiais militares, Civis e integrantes do Exército e da Aeronáutica, com carga de 40 horas em turno integral.

Treino/prática

Entre as atividades ministradas no curso para os membros da Polícia Rodoviária Federal esteve a disciplina de Busca Veicular na última quinta-feira (28), no Posto da PRF (UOP 01) no quilômetro 40 da BR-174, proporcionando maior realidade a atividade de treino/prática. Na oportunidade, a Polícia Militar do Amazonas disponibilizou um cão com policial, do seu canil (CPE), para acompanhar o exercício prático.

“Esse curso foi importante para o aperfeiçoamento das técnicas já aderidas por outros órgãos e com ênfase em grandes eventos, como as Olimpíadas, onde há um número maior de pessoas e veículos circulando”, informou Danielle Fiorotte, responsável pelo Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal.

Publicidade
Publicidade