Publicidade
Manaus
Manaus

Capturado ex-presidiário acusado de ajudar matar colega de cela enforcado em Manaus

France Daik Sinfronio da Silva, vulgo "Dadá", alegou que a vítima, Jhony Cezar Teixeira dos Santos, o "Meningite", era estuprador e que não queria dividir o mesmo espaço com ele  16/01/2015 às 14:02
Show 1
Dadá estava foragido da polícia
Fábio Oliveira Manaus (AM)

O ex-presidiário France Daik Sinfronio da Silva, vulgo "Dadá", 31, foi preso na tarde de quinta-feira (15), na comunidade da Sharp, bairro Armando Mendes, Zona Leste, e apresentado, na manhã desta sexta (16) na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

"Dadá", como é conhecido, é suspeito de ter participado, em 22 de novembro de 2012, do homicídio que vitimou o seu colega de cela Jhony Cezar Teixeira dos Santos, o "Meningite", 36. Ele e mais três detentos estrangularam a vítima com um lençol.

À Polícia Civil, o suspeito alegou que a vítima era estuprador e que não queria dividir o mesmo espaço com ele. Os presos tinham decidido entre si matá-lo.

Segundo o adjunto da DEHS, delegado Rafael Campos, dois suspeitos da participação, conhecidos como David e Alciney, já estão presos e apenas Fernando Henrique de Souza Conceição está foragido.


Publicidade
Publicidade