Publicidade
Manaus
Manaus

Carreta cai de complexo viário e trava trânsito na avenida Umberto Calderaro, na Zona Centro-Sul

O veículo pesado, que carregava um contêiner, tentou descer a alça do Complexo Viário Antônio Simões (a passagem de nível da Paraíba) quando perdeu o controle e tombou, caindo na via e obstruindo duas faixas para carros 21/05/2015 às 12:58
Show 1
Carreta foi desacoplada do cavalo mecânico e arrastada para a lateral da via
acritica.com Manaus (AM)

CONFIRA GALERIA DE IMAGENS

Uma carreta com um contêiner acoplado, modelo Mercedes-Benz MB-1935 e de placas BNS-4796, da empresa Coptramaz, com componentes eletrônicos de televisão, capotou e caiu do Complexo Viário Antônio Simões, na avenida Jornalista Umberto Calderaro Filho (antiga Paraíba), no fim da manhã desta quinta-feira (21), por volta das 11h. O trânsito na Zona Centro-Sul de Manaus ficou complicado por quase duas horas.

O condutor, identificado como Sérgio Carlos de Almeida, de 42 anos, foi levado consciente para o Hospital Pronto-socorro 28 de Agosto, na Zona Centro-Sul, com escoriações na cabeça e no rosto. Ele trafegava pela avenida Efigênio Sales e, ao tentar descer a alça do complexo diário, que dá acesso à avenida Umberto Calderaro, perdeu controle da carreta e caiu na via, bloqueando duas faixas.


Apesar do susto, a carreta não atingiu ninguém na via, já que ninguém passava pelo local específico da queda no momento. O Corpo de Bombeiros e agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito de Manaus (Manaustrans) atuam no local. 

Depois de muita espera, um guincho desatrelou o cavalo mecânico da carreta e, depois, "puxou" o veículo para o lado da via, a fim de desafogar o trânsito. A ação deve durar em torno de 1 hora, de acordo com o Manaustrans. A gasolina já foi retirada do tanque de combustível do veículo.

"É uma tragédia que foi evitada, graças a Deus. Imagina se viesse passando uma família, ou um motoqueiro... Seriam esmagados pelo peso (do contêiner). Por isso pedimos sempre prudência", afirmou Leonel Feitoza, diretor-presidente do Departamento de Trânsito do Amazonas (Detran-AM).


Ainda de acordo com Leonel, só neste ano mais de 80 carretas irregulares foram apreendidas pelo Detran-AM, a maioria pelo fato de que seus motoristas não tinham a habilitação necessária para o tipo de veículo que conduziam. "O que vamos ver agora é se essa carreta tinha excesso de peso, se a carga estava mal armazenada, se o motorista tem a habilitação necessária ou se aconteceu um mal súbito ou algo com ele", completou.

MAIS INFORMAÇÕES EM INSTANTES


Publicidade
Publicidade