Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020
COVID-19

Cartórios de Manaus registram alta demanda por certidões de óbito durante pandemia

Para suprir a procura pelo documento, estabelecimentos funcionam além do horário de expediente, o que não supre a demanda



WhatsApp_Image_2020-04-19_at_11.16.20_B450D54D-F6E7-408B-AAEC-D84C92E8881B.jpeg Foto: Euzivaldo Queiroz
19/04/2020 às 15:14

A alta demanda por certidões de óbitos tem causado grandes aglomerações nos cartórios civis de Manaus. Na manhã deste domingo, dezenas de pessoas formavam fila em frente ao 8º Cartório de Registro Civil localizado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, Zona Centro Sul, que deve funcionar até o final da tarde. 

A representante do estabelecimento, Maria Rodrigues, afirmou que para suprir a procura pelo documento, os funcionários atuam além do horário de expediente, o que conforme ela, não é suficiente para atender a população. 



“Nós estamos trabalhando além do normal e nós não estamos conseguindo sair no horário. São muitos óbitos e o contingente de um só cartório não está dando conta”, disse ela, que afirma ter sido solicitado à atuação do 6º Cartório de Registro Civil para o regime de plantão.

“Hoje, já foi posto um outro cartório no plantão mas mesmo assim é muita gente para atender. Humanamente não há como os cartórios darem conta, há funcionários passando mal e a gente sente que o serviço está entrando em estado de calamidade”. 

De acordo com o relações públicas do Sindicato das Empresas Funerárias de Manaus, Manuel Viana, não é necessário que a população aglomere em frente aos cartórios.

Ele explica que a população pode solicitar a Certidão de Óbito até 15 dias após o falecimento, ou seja, não precisa procurar de imediato um cartório para o registro. 

“Não é necessário a família fazer o registro de óbito no mesmo dia para sepultar. A família pode fazer o sepultamento e posteriormente, fazer o registro de óbito”, explicou.

“A dificuldade é que há dois cartórios de plantão no final de semana e os dois estão lotados. A gente precisa comunicar as empresas que não mandem as famílias para os cartórios, que resolvessem o problema sem o registro de óbito para evitar essas aglomerações”. 

O aumento no número de óbito é em decorrência da pandemia do novo coronavírus, associado a causas de morte violentas como por homicídio ou acidentes, e por outros problemas de saúde.

News karol 2d8bdd38 ce99 4bb8 9b75 aaf1a868182f
Repórter de Cidades
Jornalista formada pela Uninorte. Apaixonada pela linguagem radiofônica, na qual teve suas primeiras experiências, foi no impresso que encarou o desafio da prática jornalística e o amor pela escrita.

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.