Publicidade
Manaus
Manaus

Casal é preso por roubo à joalheria ocorrido em outubro de 2015, no Centro da cidade

De acordo com o delegado Rafael Allemand, os policiais civis tiveram acesso às imagens do circuito interno de segurança da joalheria e conseguiram identificar os infratores 16/02/2016 às 19:37
Show 1
Na unidade policial Bruna e Leandro alegaram que planejaram o crime porque não tinham condições financeiras para sustentar a filha de dois meses de vida
acritica.com* Manaus (AM)

Em cumprimento a mandados de prisão por roubo majorado, o casal Leandro Mikail Cruz da Silva, 25, e Bruna Gabriela Faba de Oliveira, foi preso na manhã desta terça-feira (16). A prisão foi feita sob a coordenação do diretor do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), delegado Rafael Allemand.

De acordo com o diretor do DRCO, Leandro e Bruna vinham sendo investigados desde outubro do ano passado e foram presos na casa onde moravam, no Beco Posto Sete, Avenida Sete de Setembro, bairro Centro, zona Sul de Manaus.

“No dia 30 de outubro do ano passado, por volta das 14h30, Bruna e Leandro dirigiram-se a uma joalheria localizada na Avenida Eduardo Ribeiro, Centro da cidade. No local renderam dois funcionários e um cliente, utilizando um revólver. Na ocasião, roubaram da loja um anel de diamantes, duas alianças e um pingente que, somados, totalizam R$ 25 mil”, explicou Allemand.

Conforme a autoridade policial, após praticarem o crime, os policiais civis que atuam no DRCO tiveram acesso às imagens do circuito interno de segurança da joalheria e conseguiram identificar os infratores.        

“Durante o roubo verificamos que a dupla foi bastante agressiva e chegou, inclusive, a tentar atirar em uma das funcionárias. Felizmente a arma falhou”, relatou o diretor do DRCO no momento da coletiva de imprensa realizada na tarde desta terça-feira, no prédio da Delegacia Geral.

A partir das imagens, o delegado Rafael Allemand representou pedidos de mandados de prisão em nome dos infratores, expedidos no dia 17 de novembro de 2015, pelo juiz titular da 1ª Vara Criminal de Manaus, Luis Alberto Nascimento Albuquerque. A autoridade policial informou que Leandro já responde a processos por roubo e tráfico de drogas.

Na unidade policial Bruna e Leandro alegaram que planejaram o crime porque não tinham condições financeiras para sustentar a filha de dois meses de vida.

O casal foi indiciado por roubo majorado. Ao término dos procedimentos legais, Leandro será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa e Bruna será conduzida ao Centro de Detenção Provisória Feminino (CDPF), onde irão permanecer à disposição da Justiça.

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade