Publicidade
Manaus
PRESENTE PERDIDO

Casal tenta achar dono de videogame esquecido em shopping de Manaus

Brinquedo eletrônico chega a custar acima de R$ 2 mil em lojas da capital e foi deixado no dia 23 de dezembro no Manauara Shopping 03/01/2019 às 11:32
Show video eff5c4ef 736f 46bf 8eb7 4089d84648e6
Foto: Reprodução/TV A Crítica
acritica.com Manaus (AM)

Um videogame moderno seria um presentão nas festas de fim de ano, mas um dono misterioso deixou de ter essa felicidade após deixar o aparelho no Manauara Shopping, Zona Centro-Sul de Manaus. Desde o dia 23 de dezembro, o casal Luana Araújo e Christopher Hilgemberg tenta encontrar a pessoa que esqueceu o objeto, que chega a custar acima de R$ 2 mil em lojas da capital.

Tudo começou quando o brinquedo foi achado pelo casal. Christopher saía do trabalho um dia antes da véspera de Natal no shopping, enquanto Luana o aguardava do lado de fora do centro de compras. Os dois avistaram o brinquedo na sacola e tiveram uma surpresa ao perceberem o que tinha dentro.

“Foi uma surpresa tremenda. Na hora que abrimos o embrulho tinha lá um videogame de última geração, e logo nos colocamos no lugar da pessoa que estava comprando um presente, provavelmente para um ente querido. A primeira coisa que veio na nossa cabeça foi tentar encontrar essa pessoa”, disse Christopher.

Videogame chega a custar acima de R$ 2 mil em lojas da capital (Foto: Reprodução/TV A Crítica)

Luana conta que o casal começou a busca pelo dono do presente por meio das redes sociais. Uma postagem no Facebook já alcançou 400 compartilhamentos, porém o comprador ainda não foi achado. “A gente está meio surpreso, mas estamos tentando encontrar a pessoa que perdeu. A gente gostaria que a pessoa fizesse a entrega do presente dela para a pessoa que ela comprou”, disse ela.

Para afastar possíveis pessoas de má fé, Christopher e Luana não revelaram na internet o restante dos jogos comprados pelo dono. Assim eles pretendem identificar a pessoa que realmente pagou pelos produtos para finalmente entregar o videogame. “Se cada um fizer sua parte a gente começa a ter um mundo um pouco melhor, não é?”, disse a auxiliar de biblioteca.

Já Christopher espera que a pessoa procure o presente e acredite que ele possa estar com alguém com o intuito de devolver. “A gente tenta fazer a diferença”.

Publicidade
Publicidade