Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019
MISTÉRIO

Caseiro é encontrado morto em imóvel e esposa e filhas estão desaparecidas

Lucenilda Soares da Costa, 39, e as filhas Jamilly Soares da Costa, 3, e Ana Vitória Soares Monteiro, de 10 meses, estão desaparecidas. Corpo de Denilson Monteiro da Silva, 50, foi encontrado em avançado estado de decomposição



FAM_LIA.JPG A vítima, Denilson Monteiro da Silva, 50, e a esposa e filhas desaparecidas. Foto: Divulgação
11/02/2018 às 13:53

O caseiro Denilson Monteiro da Silva, 50, foi morto por espancamento e seu corpo encontrado na última sexta-feira (9), por volta das 17h, dentro da casa onde morava e trabalhava, em um sítio, no ramal ZFM, localizado no quilômetro 83, na BR-174, próximo ao município de Presidente Figueiredo, distante 107 quilômetros em linha reta de Manaus. Tudo indica que o crime se trata de latrocínio por conta do desaparecimento de vários objetos da casa da vítima.

Além dos pertences, a esposa Lucenilda Soares da Costa, 39, e as filhas Jamilly Soares da Costa, 3, e Ana Vitória Soares Monteiro, de 10 meses, estão desaparecidas e quem tiver informações sobre elas poderá entrar em contato pelos números (92) 99359-7639 e 99457-4905. Suspeita-se que elas estão sumidas desde a última quinta-feira (8).



De acordo com uma amiga da família, uma analista de marketing de 29 anos, o proprietário do sítio foi quem achou o corpo, que estava no quarto, de bruços e em avançado estado de decomposição. Segundo ela, o caseiro não atendia ligações desde a quinta-feira e, por isso, o dono resolveu ir ao local verificar pessoalmente.

“Os vizinhos já tinham falado que não estavam conseguido contato com o Denilson, então ele (proprietário) foi ao sítio e, ao andar pelos lados do local, encontrou uma janela quebrada. Ele entrou e então encontrou o corpo de bruços e tudo da casa tinham levado. Ele (vítima) morava com a esposa e as filhas, que também sumiram”, explicou.

Ainda segundo a amiga, já foi tentado contato pelo telefone de Lucenilda, mas o aparelho segue desligado. “Acreditamos que ele tenha sido morto na quinta-feira mesmo quando ele não atendeu mais os vizinhos e quando o corpo foi encontrado já estava com forte cheiro. Agora a família quer localizar a esposa e as filhas porque elas sumiram e até o momento não se tem nenhuma informação de onde elas estejam”, disse.

O caso é investigado pela 37ª Delegacia Interativa de Presidente Figueiredo, que segue em busca dos suspeitos de cometerem o crime e da família.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.