Terça-feira, 19 de Novembro de 2019
INVESTIGAÇÃO

Caso Flávio: depoimentos divergem sobre roupas que engenheiro usava no dia do crime

Uma das perguntas ainda em aberto no inquérito é sobre a roupa que o engenheiro usava no momento em que foi levado por Elizeu da Paz e Mayc da casa de Alejandro Valeiko



fl_vio_AAE2A7C2-2F22-46AE-BD48-0BDA6E388F82.JPG Foto: Divulgação
06/11/2019 às 11:46

Investigadores da Polícia Civil cumprem na manhã desta quarta-feira mandados de busca e apreensão nas casas de três presos por suspeita de envolvimento no homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues: Mayc, Elizeu da Paz e Alejandro Valeiko, filho da primeira-dama de Manaus. Os imóveis estão localizados nos bairros Cidade de Deus e Ponta Negra.

Uma das perguntas ainda em aberto no inquérito é sobre a roupa que o engenheiro usava no momento em que foi levado por Da Paz e Mayc da casa de Alejandro Valeiko, no condomínio Passaredo, na Zona Oeste de Manaus.



Alejandro, Elielton Magno e Junior Gordo dizem que Flávio estava vestido com camiseta e bermuda. Mayc informa que quando rendeu o engenheiro com golpes de jiu-jitsu, ele estava só de cueca – que é como o corpo foi encontrado no dia 30 de setembro, em um terreno no bairro Tarumã.

Trecho do depoimento de Elielton Magno

Trecho do depoimento de Junior Gordo 

A questão é tão importante para a investigação que houve até uma acareação entre Mayc e Magno para tentar esclarecer esse ponto. Na ocasião, Magno manteve a versão de que Flávio estava vestido e Mayc negou-se a responder, recorrendo ao direito constitucional de permanecer calado.

Trecho do depoimento de Alejandro Valeiko

 

*Mais informações em instantes

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.