Quarta-feira, 29 de Janeiro de 2020
MEDIDA

Caso Flávio: Mayc Parede e Elizeu da Paz passam hoje por audiência de custódia

Suspeitos de terem participação na morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42, estão passando por procedimento no Fórum Ministro Henoch Reis



dupla_1234_B5593806-2C6F-4729-8532-99FC1B854A5F.JPG Foto: Jair Araújo / Reprodução Internet
04/12/2019 às 11:35

O lutador de MMA Mayc Teixeira Parede e o sargento da PM Elizeu da Paz, suspeitos de terem participação no homicídio do engenheiro Flávio Rodrigues, 42, encontrado morto no dia 30 de setembro em um terreno no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus, estão passando por audiência de custódia nesta quarta-feira (04) no Fórum Ministro Henoch Reis, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Elizeu da Paz chegou ao Fórum por volta das 10h40 para a audiência com a juíza Lina Marie Cabral. Mayc chegou horas antes, por volta das 8h, junto com demais presos que também passarão por audiências de custódia no dia. O lutador de MMA está em uma cela dentro do Fórum separada dos demais apenados.



Segundo o advogado Josemar Berçot Junior, responsável pela defesa de Mayc, a audiência será um procedimento para "cumprir tabela". O advogado reiterou que a prisão do seu cliente tem apenas motivação política.

"Sobre a sessão de hoje eu não espero [nada]. Isso aqui é para inglês ver. Só para cumprir tabela. A prisão de Mayc é apenas política. Só por isso. Eu sempre bati nisso", declarou Berçot. A reportagem não conseguiu falar com os responsáveis pela defesa de Elizeu da Paz.

Primeiro a passar pelo procedimento

Na segunda-feira (2), Alejandro, filho da primeira-dama de Manaus, passou por audiência de custódia e a sua prisão preventiva se manteve inalterada. A juíza responsável pelo processo, Lina Marie Cabral, estendeu aos indiciados Da Paz e Mayc Teixeira - que também tiveram a prisão temporária convertida em preventiva na última sexta-feira (29) -, o direito de passar pelo mesmo procedimento (audiência de custódia).

Ao retornar para o 19° DIP, Alejandro chegou a afirmar para reportagem de A Crítica que o responsável pela morte do engenheiro é Da Paz.

No último dia 29, cinco suspeitos na participação do crime foram indiciados pela crime: Mayc Vinicius, Alejandro Valeiko e o sargento Da Paz foram indiciados por homicídio, já Paola Valeiko por fraude processual e Vittório Del Gato por omissão de socorro.

Mais detalhes

Dos quatro pedidos feitos à Justiça do Amazonas em favor de Alejandro, apenas um foi deferido pela juíza Lina Marie Cabral, conforme informou um dos advogados do defesa de Alejandro, Yuri Dantas.

A defesa pediu que a prisão de Alejandro fosse revogada, que lhe fosse concedida a prisão domiciliar, que ele fosse internado em um hospital para tratamento e que ele permanecesse custodiado no 19º Distrito Integrado de Policia (DIP), avenida Cel. Teixeira, bairro Santo Agostinho. De todos os pedidos, a magistrada concedeu apenas que ele permanecesse preso no 19º DIP ao invés de ser encaminhado para uma unidade prisional.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.