Publicidade
Manaus
AUMENTO

Casos confirmados de sarampo chegam a 906 em Manaus, aponta Informe

De acordo com o 28º Informe Epidemiológico, Manaus conta com 7.690 notificações de sarampo, sendo 906 confirmados, 396 descartados e 6.388 em investigação 17/09/2018 às 17:19 - Atualizado em 18/09/2018 às 07:30
Show sarampo 96d5b647 d8e0 4bc3 b8b1 b3c5cf232c65
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O 28º Informe Epidemiológico de Monitoramento do Sarampo, divulgado Prefeitura de Manaus nesta segunda-feira (17), aponta que a capital amazonense registra 906 casos confirmados da doença. São 25 casos a mais do que o registrado no 27º Informe Epidemiológico, publicado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) no dia 10 de setembro.

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, lembra que o informe é lançado semanalmente por meio da Sala Municipal de Situação de Vigilância em Saúde, que conta com representantes da Semsa, da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado.

“A Sala de Situação tem o objetivo de monitorar e acompanhar os casos notificados do sarampo, analisando a situação epidemiológica em tempo real e permitindo que a gestão tenha as informações necessárias para elaborar as estratégias de combate à doença. O informe é um dos instrumentos utilizados, apresentando informações sobre a faixa etária mais atingida nos casos confirmados e notificados, e os dados sobre os territórios com mais registro de notificações”, explica Marcelo Magaldi.

Notificações

De acordo com o 28º Informe, Manaus conta com 7.690 notificações de sarampo, sendo 906 confirmados, 396 descartados e 6.388 em investigação. Como os dados são sujeitos à alteração, devido à qualificação dos registros, a nova edição do Informe apresentou uma modificação no total de número dos casos notificados e em investigação, em comparação com o 27º Informe.

Essa modificação é o resultado do trabalho da equipe da Sala de Situação, que está reforçando a análise de cada notificação e identificando os casos que foram inseridos no sistema como suspeitos de sarampo, mas que não apresentam todos os critérios clínicos e epidemiológicos para a doença.

Faixa etária

No total de 7.690 notificações de sarampo, que abrangem também os novos casos suspeitos, 26,8% estão na faixa etária de 20 a 29 anos, seguida da faixa etária de 15 a 19 anos (23,5%), de 30 a 49 anos (15,4%) e menores de um ano (14,3%).

Entre os 906 casos confirmados, a faixa etária mais atingida é a de menores de um ano (24,7%), seguida das faixas de 20 a 29 anos (19,8%) e de um a cinco anos (19,8%), e de 15 a 19 anos com 13,8% do total de confirmações.

Vacinação

De acordo com dados do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI), a campanha contra sarampo, direcionada para a faixa etária de seis meses a cinco anos, atingiu 106,9% da meta, com a vacinação de 204.837 crianças.

Mas, além das ações da campanha, a Semsa já tem registrado a aplicação de 495.155 doses de vacina contra o sarampo, entre as ações de rotina nas Unidades de Saúde, com primeira e segunda dose, e ações de intensificação, varredura e bloqueios vacinais.

No site da Semsa (http://semsa.manaus.am.gov.br), a população pode ter acesso à lista com o endereço e horário de funcionamento de todas as 183 salas de vacina do município de Manaus. A vacina tríplice viral, que imuniza contra sarampo, rubéola e caxumba, é ofertada para a população na faixa etária de seis meses a 49 anos.

Publicidade
Publicidade