Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
REGRAS

Central de Fiscalização fecha e autua flutuantes por irregularidades em Manaus

Um dos flutuantes foi interditado por irregularidades na cozinha. Conforme informações da FVS, houve a necessidade de fechamento, porque as irregularidades identificadas ofereciam perigo aos banhistas



WhatsApp_Image_2020-07-04_at_19.51.06_6E397255-AAC9-43E3-A856-1D77D67EE816.jpeg (Fotos: Divulgação)
04/07/2020 às 20:09

Na tarde deste sábado (04/07), a Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), continuou a ação em estabelecimentos, dessa vez, em flutuantes da capital amazonense. 

A CIF deste sábado contou com a participação de equipes da Polícia Civil do Amazonas, Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas, além da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e Visa Manaus, órgãos municipais. 



Um dos flutuantes foi interditado por irregularidades na cozinha. Conforme informações da FVS, houve a necessidade de fechamento, porque as irregularidades identificadas ofereciam perigo aos banhistas, como precariedade na estrututa física, falta de higiene no local de trabalho, facilidade de entrada de roedores na cozinha através de buracos, e armazenamento inadequado de alimentos e utensílios.

Outro flutuante foi autuado por irregularidades como falta higiene em equipamentos, redimensionamento da cozinha, telamento nas aberturas da cozinha, além de falta de organização no local de trabalho, entre outros. 

“Um terceiro flutuante estava atendendo a todos os protocolos, mas recebeu orientação. A CIF vai continuar nos rios e também na parte da noite nas casas de shows e bares da cidade de Manaus”, disse o delegado Bruno Fraga, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), que participou da fiscalização.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.