Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019
DIVERSIDADE

Centro de Manaus recebe 1ª Parada Livre LGBTI+ nesta sexta-feira (25)

Evento, que inicia às 14h, terá mais de 10 horas de programação voltadas para resgatar as discussões em torno dos direitos da comunidade LGBTI+



IMG-20191024-WA0039_5A29C309-19D6-4BD8-9A23-9809A2851FFD.jpg Foto: Divulgação
25/10/2019 às 07:05

As ruas do Centro de Manaus ficarão um pouco mais coloridas hoje, a partir das 14h, na Praça da Saudade, para receber a 1° edição da Parada Livre LGBTI+, que vem com o tema ‘’Diversidade, União e Democracia”. O evento é gratuito e é organizado por associações, coletivos e ativistas independentes, e tem como pilar principal a ocupação das ruas da cidade para resgatar as discussões em torno dos direitos da comunidade LGBTI+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, transgêneros, intersexuais e outras identidades de gênero). São esperadas cerca de três mil pessoas.

A Parada Livre LGBTI+ terá 10 horas de programação, que se estenderá entre rodas de conversa, ações de saúde e cidadania, apresentações musicais e performances. Na Praça da Saudade haverá oficina de cartazes, de customização e a oficina de drags, das 14 às 16h, com atividades práticas sobre produção de moda e maquiagem. A participação é gratuita e as vagas limitadas.



Após a concentração, a partir das 17h a caminhada vai partir em marcha pela rua Ferreira Pena, passando pelas avenidas Japurá e Joaquim Nabuco até a Praça Nossa Senhora Auxiliadora, onde, às 18h, a programação seguirá e apresentações comandadas por DJs e artistas da cena LGBTI+ manauara.

De acordo com um dos coordenadores voluntários da Parada, Pedro Costa, a Parada Livre vem para ser mais um instrumento de resistência da comunidade LGBTI+. ‘’Entendemos a necessidade, indispensável, de que esse ato é, historicamente, de rua e tem que estar nas ruas. Ele chega, justamente, com a proposta de resgatar a discussão em torno dos direitos LGBTI+’’, destacou ele, que é designer e youtuber.

Segundo a organização, toda a infraestrutura do evento, bem como a organização da programação, foram frutos de doações da iniciativa privada e de voluntários. Um dos voluntários do evento será o fotógrafo Leandro Lima, que ficará responsável por registrar cada detalhe da Parada.

‘’Quando nos unimos, mostramos mais força, mais interesse e mais motivação para fazer um evento incrível para todos. O cenário político atual não está favorável para nós, mas a gente não pode desistir. O segredo é se unir mais ainda, nos mostrar mais ainda, dizer que existimos e devemos ter direitos igualitários, sim’’, destacou.

Box

O ‘’after oficial’’ da primeira edição da ‘’Parada Livre LGBTI’’ será na boate Augusta Haus, na avenida Pedro Teixeira,  Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus. Assim que encerrar a programação da Parada no Centro, previsto para a meia noite, a festa continua ao som dos DJs residentes da casa. Ingressos serão distribuídos para quem chegar cedo na Parada.

News guilherme 1674 2977771b 6b49 41af 859a ef3c3b62eae8
Repórter do caderno de Cidades - Jornal A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.