Publicidade
Manaus
EVENTO

Centro de Manaus terá mudanças para o 'Passo a Paço 2018' no fim de semana

Mais de dez órgãos estarão envolvidos na operação do evento que ocorre nos dias 1º e 2 de setembro. Alterações no trânsito e transporte coletivo estão previstas 29/08/2018 às 20:24 - Atualizado em 30/08/2018 às 09:20
Show show show 1 abc050ac f838 4e97 8db3 741a8d82a65d
Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

Mais de dez órgãos, além da Polícia Militar, estarão envolvidos na operação do Passo a Paço 2018, que acontece neste fim de semana, dias 1º e 2 de setembro no Centro Histórico de Manaus. Na tarde desta quarta-feira (29), representantes dos órgãos se reuniram para os últimos ajustes, antes do evento, que terá mais de 15 horas de duração e reunirá artes, cultura e gastronomia. Veja as mudanças:  

Trânsito

A partir das 14h do sábado (1º), o Centro Histórico da cidade passará por interdições temporárias no entorno do Paço da Liberdade, antiga sede da Prefeitura de Manaus, na Praça Dom Pedro II. As mudanças ocorrem durante a realização da quinta edição do festival Passo a Paço.

A rua Governador Vitório estará interditada no trecho entre a rua Padre Ghisland e a Visconde de Mauá. O motorista que seguir pela Luiz Antony em direção ao Paço da Liberdade deverá, obrigatoriamente, dobrar à esquerda na Padre Ghisland (atrás do colégio Dom Bosco), seguindo em direção à avenida Epaminondas. Após o encerramento do evento de sábado, o trânsito será liberado. As interdições serão retomadas às 14h do domingo, 2/9. 

Nos dois dias de evento, o trânsito de veículos de passeio será permitido, excepcionalmente, na avenida Epaminondas, a partir da rua Leonardo Malcher até a avenida 7 de Setembro. O Manaustrans alerta que é proibido o estacionamento na Epaminondas. 

Agentes de trânsito estarão na área para monitorar e orientar os motoristas sobre desvios. Os moradores das ruas incluídas no perímetro interditado poderão acessar as residências pelas ruas Frei José dos Inocentes ou Visconde de Mauá. 

“As interdições ocorrerão a partir das 14h. É importante que o motorista evite trafegar por essa área. Quem for ao evento de carro, evite obstruir calçadas que devem estar livres para a circulação dos pedestres e prefira utilizar as ruas autorizadas para estacionamento”, orientou o diretor de fiscalização e operações do Manaustrans, Stanley Ventilari.

Estacionamento

O Manaustrans recomenda o estacionamento de veículos nas avenidas Eduardo Ribeiro, Sete de Setembro, ruas Lobo D’Almada, Joaquim Sarmento, Saldanha Marinho e 24 de Maio. As vagas do sistema de estacionamento rotativo Zona Azul estarão disponíveis, sem cobrança, a partir das 15h de sábado e ao longo do domingo.

Ônibus e Táxi Manaus

De acordo com o superintendente municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Franklides Ribeiro, as linhas de ônibus que atendem o centro da cidade terão o horário estendido durante o fim de semana do Passo a Paço “e irão operar com frota do dia e, após 0h, terão reforço de mais 16 linhas no Terminal Central, com realização de mais de uma viagem, para atendimento aos usuários que participarão do referido evento”, explicou.

As linhas alimentadoras dos terminais de integração T3, T4 e T5 terão horário de atendimento estendido, de acordo com a operação das linhas troncais. Nos dois dias de evento, 25 fiscais da SMTU estarão atuando para fiscalizar o sistema de transporte urbano e monitorar os táxis que atenderão o público que irá prestigiar o evento, além de realizar orientações sobre todas as operações de transporte, estando presentes no local para controle dos veículos, de sábado para domingo.

Nas imediações do Paço da Liberdade haverá pontos de embarques em táxi com o aplicativo “Táxi Manaus”, que oferecerá desconto de 30% nas viagens.

"Estaremos preparados para que todos os participantes do evento possam utilizar um transporte seguro e com qualidade, à disposição da sociedade", afirmou o representante do Táxi Manaus, Márcio Fleury. "Estaremos com os totens preparados para calcular o preço com desconto no local do evento, independentemente das pessoas terem o aplicativo, e teremos 1,5 mil veículos preparados para atender o festival", completou.

Segurança

A Seggim atuará como facilitador entre os órgãos que participarão do evento. A Secretaria Executiva articulou reuniões na Casa Militar e no Centro Integrado de Comando e Controle do Amazonas (CICC-AM), a fim de alinhar as contribuições dos entes públicos participantes.

A Guarda Municipal atuará na salvaguarda do patrimônio municipal inserido no perímetro do evento, assim como atuará na segurança dos servidores municipais que estarão realizando fiscalização dentro e fora do perímetro de segurança.

"Contaremos com um efetivo de 70 guardas preparados para atuar no evento, com bases de apoio da Guarda Municipal dispostas ao longo de todo o festival", informou o subsecretário Municipal Subchefe da Casa Militar, Thiago Balbi.

Limpeza

A Semulsp também estará presente no evento com ações de coleta seletiva. "Temos a participação da Coleta Seletiva Solidária, com a participação dos catadores de material reciclado que, durante esse evento, estarão recolhendo os materiais recicláveis para reaproveitamento e, dessa forma, vão gerar renda aos mesmos, além de reduzir a quantidade de lixo que é gerada durante eventos", ressaltou o subsecretário de gestão da Semulsp, Eisenhower Pereira.

Fiscalização e emergência

O subsecretário da Subsempab, Fábio Albuquerque, informou que atuará com equipes de fiscalização no entorno do evento, com o objetivo de inibir a presença de invasores com vendas ilegais. Já o Samu estará com uma equipe completa e uma ambulância do SOS Vida durante todo o período da festa.

Obras

A Seminf também vem investindo em ações de reconstrução na área central da cidade. Nesta semana, foi iniciada a manutenção da praça Dom Pedro II, localizada na avenida Sete de Setembro. No local, está sendo feito recuperação de meio-fio, sarjeta, pintura de bancos e paisagismo. Segundo o secretário de Infraestrutura, Kelton Aguiar, os trabalhos de manutenção da área central fazem parte de ações cotidianas da pasta.

“Esse trecho da cidade ganhou uma revitalização fantástica na gestão do prefeito Arthur Neto e o Centro deixou de ser uma região esquecida. O movimento de famílias e turista é constante, assim como as nossas manutenções. Temos um Distrito de Obras na região central que está executando rotineiramente a manutenções na malha viária e, com a proximidade do Passo a Paço, intensificamos as ações no entorno”, destacou.

Publicidade
Publicidade