Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
DEFINIDO

Chapão de Amazonino tem Rebecca como vice e Alfredo e Hissa para Senado

Convenção do PDT oficializou bloco de apoio a Amazonino que deve garantir a ele o maior tempo de televisão na propaganda eleitoral



WhatsApp_Image_2018-07-29_at_11.50.47.jpeg (Foto: Euzivaldo Queiroz)
29/07/2018 às 11:48

O governador Amazonino Mendes oficializou, na manhã deste domingo, a candidatura à reeleição  durante a convenção do PDT. A ex-deputada federal Rebecca Garcia, do PP, foi apontada como candidata à vice-governadora na chapa, aguardando apenas a convenção do PP, marcada para o dia 4 de agosto, para oficializar a condição.

A convenção marcou também o fechamento de um amplo arco de alianças do PDT, simbolizados na chapa para o Senado. Hissa Abrahão, presidente estadual do partido no Amazonas, será um dos candidatos ao Senado da chapa. O outro será Alfredo Nascimento, do PR, que esteve na convenção como convidado e será oficializado no evento do PR, também marcado para 4 de agosto.

Além do PR, do PP e do próprio PDT, devem figurar na chapa de Amazonino Mendes os partidos PTB, que estava representando pelo vereador Reizo Castelo Branco, o PPS, o Democrata Cristão (DC), Solidariedade (SD) e Partido Verde.  Esta composição deve ser suficiente para garantir ao governador do Estado o maior tempo de televisão nas propagandas eleitorais gratuitas. "Estamos abertos a novas coligações, a ampliação de alianças nas chapas majoritária e proporcional. O Amazonino é um homem de bem que quer receber todos os apoios possíveis", afirmou o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

Ao anunciar sua candidatura, Amazonino afirmou que recebeu do povo uma missão no ano passado, mas que um ano é pouco para fazer tudo. "Cumpri meu dever, o Estado é outro. Não é mais aquele Estado cabisbaixo, devendo todo mundo, sem condições de avançar (...) Temos mais quatro anos para fincar o trabalho, de uma vez por todas, e desenhar nosso futuro", afirmou ele, que falou sobre asfalto no interior e alfinetou o prefeito de Manaus, Arthur Neto. "Há dez anos o interior não via uma gota de asfalto, e agora está vendo. E nós vamos asfaltar Manaus, também. Isso é trabalho, é respeito, é amor".

Candidata a vice, Rebecca afirmou que tomou a decisão de marchar junto a Amazonino por entender que essa era a vontade do povo.  "Há menos de um ano, fui candidata a governar esse Estado, numa chapa contra o senhor. E o povo do meu Estado disse que era o senhor que eles queriam lá. Trabalhos em pesquisas agora e todas mostram que o Amazonino é o que povo ainda quer em 2018", afirmou Rebecca, ressaltando que abriu mão da candidatura ao Senado para ficar no Amazonas cuidando da família. "Mas não queria deixar de fazer algo pelo meu Estado. Quem somos nós para virar as costas quando o Amazonas mais precisa de nós?".

O deputado federal Hissa Abraão teve o nome homologado para a vaga de senador. "Agradeço ao governador por ter ouvido a militância orgânica do PDT e confirmar meu nome ao senado", discursou Hissa.  Alfredo Nascimento (PR) teve o nome indicado para a outra vaga de senador e relembrou uma trajetória política ao lado de Amazonino. "A vida nos separou mas a gratidão ficou. O sentimento de gratidão ainda está em mim, você foi o homem que me iniciou na vida pública", afirmou Alfredo, destacando que o pragmatismo deu o tom desta união.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.