Publicidade
Manaus
CHEIA RIO NEGRO

Cheia deste ano deve ficar dois centímetros abaixo da histórica ocorrida em 2012

Conforme a pesquisadora do CPRM, Lunna Gripp, os dados garantem uma grande cheia do rio Negro para 2017 31/03/2017 às 11:31 - Atualizado em 31/03/2017 às 11:34
Show cheia
(Foto: Márcio Silva)
Isabelle Valois Manaus (AM)

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou na manhã desta sexta-feira (31) o primeiro alerta de cheia de 2017. Conforme o CPRM a cota máxima de 2017 poderá chegar aos 29,95 metros.

Uma diferença de dois centímetros a menos da cheia histórica ocorrida em 2012 quando o rio Negro atingiu a cota de 29,97 metros.

Conforme a pesquisadora do CPRM, Lunna Gripp, os dados garantem uma grande cheia do rio Negro para 2017. "A cota máxima deve variar entre os 29,95 metros aos 29,25 metros. É importante deixar alertar a população para esses dados, principalmente os ribeirinhos. As águas irão chegar pelo menos os 2,41 metros da cheia máxima de 2016", reforçou.

Gripp alertou aos representantes das Defesas Civis do município e estado que a partir do momento que o rio Negro atinge a cota de 28,50 metros se inicia o impacto da cheia na população ribeirinha. Acima dos 29 metros o impacto atinge a capital.

Hoje o rio Negro subiu 8 centímetros atingindo a cota de 27,27 metros, 40 centímetros inferior do dia 31 de março de 2012, ano da cheia histórica.

Publicidade
Publicidade