Publicidade
Manaus
Manaus

Chuva causa alagamento de mais de 70 casas no bairro Monte Sião

Em outro trecho do bairro houve deslizamento de terra. Forte chuva que caiu na capital desde a madrugada ocasionou vários problemas nos bairros 19/05/2015 às 14:19
Show 1
Na rua Beira Rio, Monte Sião, ocorreu um deslizamento de terra
VINICIUS LEAL E ISABELLE VALOIS Manaus

Os moradores da rua Tom Jobim, no bairro Monte Sião, na Zona Norte de Manaus, tiveram as casas alagadas após a chuva que caiu em Manaus desde a madrugada desta terça-feira (19). Na rua Beira Rio, no mesmo bairro, ocorreu um deslizamento de terra. Não houve pessoas feridas, apenas danos materiais.

Segundo o avaliador técnico da Defesa Civil Municipal, Walkmar Barbosa, a área já era considerada como de risco. Conforme ele, mais de 70 residências, de alvenaria e madeira, foram afetadas pela alagação, que foi causada pelo transbordamento de um igarapé localizado ali próximo. Toda vez que chove, o problema ocorre.

De acordo com Walkmar, as residências da rua Monte Sião foram construídas em cima do pequeno igarapé Tarumã, que transborda sempre que chove porque não há escoamento naquela área. Hoje, a água invadiu as residências e os moradores tiveram que usar paletes e outros móveis para tentar salvar eletrodomésticos e roupas.


Chão molhado e com terra também foi resultado da alagação

Conforme Walkmar, a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos será acionada para enviar alimentos e colchões aos moradores. Muitos já haviam sido retirados daquela área, porém retornaram. A Secretaria Municipal de Infraestrutura receberá um relatório para iniciar a nova retirada dos moradores.

Quantidade de água

Segundo a Defesa Civil, foram registrados com a chuva de hoje 74,6 milímetros de água na Zona Sul de Manaus, 56,2 milímetros na Zona Norte, 51,2 milímetros na Zona Centro-Oeste, 48,2 milímetros de água na Zona Leste e 47,2 milímetros na Zona Oeste.

Para o mês todo de maio é esperado entre 181 e 256 milímetros. Do dia 1º até hoje, dia 19, já foram registrados 185,2 milímetros de chuva em toda a capital.

Conforme o Serviço de Proteção da Amazônia (Sipam), as rajadas de vento durante a chuva de hoje chegaram a aproximadamente 40 km/h, no medidor do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Já a temperatura foi mínima de 24º C e máxima de 28º C, e a umidade foi de 94%.

Publicidade
Publicidade