Publicidade
Manaus
Polícia Militar

Chuva desestimulou saídas de Manaus no feriado e dias seguintes, aponta PM

Cerca de 4,6 mil carros passaram pela Ponte do Rio Negro, desde o feriado. Número teria sido maior sem o tempo chuvoso 11/12/2016 às 14:27 - Atualizado em 11/12/2016 às 14:28
Show show capturar
Até as 12h deste domingo (11), apenas 600 carros passaram pelo posto (Foto: Antônio Menezes)
acritica.com Manaus (AM)

O período de chuva desanimou a população de Manaus a sair da cidade para curtir balneários dos arredores da capital ou visitar cidades da região metropolitana durante o feriado do Dia de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Estado, na última quinta-feira (8), e nos dias seguintes até este domingo (11).

Segundo os policiais militares lotados no posto da Ponte do Rio Negro, tradicional ponto de saída da capital amazonense, cerca de 4,6 mil carros passaram pelo local desde a quinta-feira. No entanto, como vários desses dias iniciaram com fortes chuva, segundo os PMs, muitas pessoas acabaram desistindo.

Até as 12h de hoje, apenas 600 carros passaram pela ponte. As estimativas dos outros dias são 1,2 mil na quinta-feira, 900 na sexta-feira (9) e um pico de 1,9 mil no sábado (10). Apesar disso, ocorrências de engarrafamento foram poucas, segundo a Polícia Militar.

Já os transportes coletivos seriam fiscalizados pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos (Arsam) em diversas operações fixas e volantes para averiguar a saída e entrada de passageiros na capital e nos municípios da região metropolitana.

No Amazonas, o serviço é operado por cinco empresas permissionárias: Eucatur, Aruanã, Emtram, Master e Expresso Transamazônica, que oferecem 17 linhas regulares, em mais de 300 trechos intermunicipais. Até o fechamento desta publicação, a Arsam não havia divulgado o número de veículos fiscalizados nem de estimativa de passageiros.

Publicidade
Publicidade