Publicidade
Manaus
Manaus

Chuva destelha abrigo para idosos em Manaus e local fica alagado

Os dois pavilhões da Fundação Doutor Thomas (FDT) abrigam cerca de 50 idosos de alta dependência 30/09/2013 às 20:42
Show 1
Parte do telhado da capela também caiu com os ventos e chuva que atingiram o local - situado na área mais afetada da cidade
acritica.com Manaus

Entre os transtornos causados pelo forte chuva que atingiu Manaus na manhã desta segunda-feira (30) está o destelhamento de pelo menos dois pavilhões da Fundação Doutor Thomas (FDT), no bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus. 

De acordo com informações da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Manaus, os pavilhões acolhem cerca de 50 idosos de alta dependência. “As telhas foram arrancadas e os abrigos ficaram alagados, assim como a Enfermaria e alguns apartamentos de idosos independentes”.


A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) é a responsável por atuar no cadastro das perdas materiais e de imediato fará a doação de mais de quarenta colchões para os idosos institucionalizados pela Fundação.

O Parque Municipal do Idoso também terá seu funcionamento alterado por conta das chuvas e estará fechado nesta terça-feira, 1º de outubro. O telhado do ginásio e da piscina coberta foi prejudicado e a falta de energia elétrica impossibilita o uso das trilhas de caminhada. A Defesa Civil e a Seminf atuam na avaliação e recuperação emergencial de todo o complexo.

Somente no período da manhã, 15 ocorrências foram registradas por meio do telefone de emergência 199. Entre elas: um risco de desabamento de casa (Educandos), um risco de desabamento de prédio (São Geraldo), rompimento de bueiro (Alvorada), três destelhamentos de casas (Petrópolis e São Francisco) e quatro destelhamentos de prédios (Vieiralves, Aleixo, Praça 14 e Adrianópolis).

Serviços suspensos

Os serviços nas sedes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e do Serviço de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do Município de Manaus (Manausmed) também estarão suspensos. Os órgãos tiveram seus serviços interrompidos por conta da falta energia, alagações em algumas instalações e queda no sistema das Centrais de Processamento de Dados (CPDs).

Publicidade
Publicidade