Publicidade
Manaus
TEMPESTADE

Chuva causa transtornos no trânsito, falta de energia e alagamentos em Manaus

Volume de chuva foi muito elevado na manhã desta quinta-feira, causando problemas em várias zonas da cidade. Houve queda de muros e casas invadidas totalmente pela água. 29/09/2016 às 11:32 - Atualizado em 29/09/2016 às 14:22
Show whatsapp image 2016 09 29 at 11.11.08
Trânsito está complicado em vários pontos da cidade (Foto: Aguilar Abecassis)(
acritica.com Manaus (AM)

Uma forte chuva castigou Manaus desde as 10h30 desta quinta-feira (29).  Alagamentos foram registrados em várias vias da cidade e houve registros também de quedas de muro e de interrupção no fornecimento de energia. 

Uma das primeiras ocorrências registradas ocorreu na Rua Doutor Análio de Rezende, no Jardim Petrópolis. Um muro desabou com a força da água e invadiu várias casas. "Veio pedaço do muro, do portão, tudo pra minha casa", relatou Maria do Rosário, que mora em frente à casa onde o muro caiu. 

De acordo com ela, todas as vezes se chove forte, a rua fica completamente alagada. Em outra casa, a chuva destruiu móveis e eletrodomésticos.

“A geladeira está tombada, fogão, está tudo acabado. Toda água invadiu e atingiram os móveis. Tinha uma senhora, ela estava presa no banheiro. A chuva começou, o muro não aguentou, derrubou, e encheu d’água lá dentro. Ela estava no banheiro na hora e pediu socorro, retiramos ela de lá. A porta estava emperrada e tive que arrebentar a porta da casa”, explicou Andrew Elias, 23 anos, também do Jardim Petrópolis, que ajudou a socorrer uma das moradoras afetadas.

Transtornos no trânsito também já foram registrados. De acordo com informações do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus, o trânsito na Avenida Maceió, próximo a Semed, ficou completamente parado. Muitos carros passaram por cima da calçada por conta do alagamento. 

Na Morada do Sol, árvores caíram por conta da chuva, impedindo o tráfego de veículos na Avenida Planeta Júpiter.

A chuva também causou estragos na zona leste. Moradores ficaram isolados dentro de casa após fiação elétrica se romper e cair sobre calçada e veículos estacionados na rua Mucuí (antiga 11) do bairro São José 4. “Os galhos de uma mangueira da vizinha caíram, bateram no fio e agora o fio está caído. Um galho de madeira enorme. Ninguém pode sair de casa”, disse Emerson Carvalho, 26.

Queda de energia

Segundo a Eletrobras Distribuição Amazonas a chuva causou o desligamento de 20 alimentadores, causando interrupções no fornecimento de energia elétrica em alguns pontos da cidade como Cidade Nova, Adrianópolis, Redenção, Colônia Antônio Aleixo e Coroado. Até o momento 15 alimentadores já foram normalizados, segundo a concessionária. "Os outros alimentadores afetados e ocorrências isoladas como transformadores serão restabelecidos gradativamente", diz a nota da empresa. 

Segundo a concessionária, "as equipes de manutenção da Eletrobras Distribuição Amazonas trabalharam em campo para reestabelecer o fornecimento de energia nas áreas afetadas no tempo mais breve possível".

De acordo com a Defesa Civil Municipal, cinco ocorrências foram registradas até as 14h: três alagamentos (Rua 02, N249, e N254 no Conjunto Jardim Petrópolis e Rua Estanislau Afonso, N245, São Jorge) e dois riscos de desabamento de casa (Rua Rio Verde, N41, Comunidade Vale do Amanhecer e Rua Brasilia, N70, Cororado).

Rajadas de vento

Segundos dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o acumulado de precipitação de hoje (29) está em 35 milímetros. A máxima rajada de vento registrada foi de 50km/h entre as 10h e 11h de hoje.

Conforme a REDEMET, a máxima de rajadas de vento foi de 35,2km/h registrada as 11h07 no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Já na Base Aérea de Manaus, no Aeroporto de Ponta Pelada, a máxima de rajada de vento foi de 46,3km/h registrada as 11h.

*Com informações dos repórteres Luana Carvalho e Vinícius Leal 

Publicidade
Publicidade