Domingo, 19 de Maio de 2019
CHUVA

Chuva forte causa alagações e deslizamentos de barranco em Manaus

Até as 11h a Defesa Civil havia registrado 15 ocorrências pelo Disque 199 e média de 39,2 milímetros de chuva capital



f957ed73-58f1-4dfe-a64a-01700aaa361c_3C212033-0243-4F2C-BD09-8A60DD4F7EA2.jpg
Estacionamento da Fametro na avenida Constantino Nery (Foto: Reprodução/internet)
29/03/2019 às 10:12

A chuva forte que atingiu Manaus desde o início da manhã desta sexta-feira (29) ocasionou alagações, desabamentos de casa e deslizamentos de barranco na cidade. Até as 11h a Defesa Civil havia registrado 15 ocorrências pelo Disque 199 e média de 39,2 milímetros de chuva capital.

As alagações foram registradas em diversas vias da cidade, tanto avenidas principais como Constantino Nery, André Araújo, Boulevard e Getúlio Vargas, como pelos bairros, como na rua Paraíso, São Jorge, Zona Oeste, e na rua Centauro, Santo Agostinho, Zona Oeste.

Os desabamentos de casa aconteceram na rua Professor Maria Bandeira, no Tancredo Neves, Zona Leste, e em uma residência de alvenaria na rua Enoque Reis, no Bairro da Paz, Zona Oeste. Houve também um desabamento de muro na rua Batru, Tacredo Neves.

Os deslizamentos foram registrados no estacionamento da unidade do Centro Universitário Fametro, na av. Constantino Nery, bairro Chapada, Zona Centro-Sul, e na rua Ponta das Pedras, no conjunto Francisca Mendes, Zona Norte.

Foi registrado também riscos de desabamento de uma casa mista na rua das Pedreiras, na Compensa, Zona Oeste, risco de desabamento de muro na rua Osvaldo Cruz, na Glória, Zona Oeste, um risco de tombamento de árvore na rua das Magnolias, no Jorge Teixeira, Zona Leste, e na av. Palmeira do Miriti, na comunidade Nova Vitória, Zona Leste.

A Defesa Civil também recebeu denúncia de buraco aberto em via pública na rua Duque de Caxias, no Centro, e de uma cratera na rua Aramaça, no loteamento Novo Reino, Zona Norte.

Quantidade de chuvas

Os pluviômetros da Defesa Civil/CEMADEN registraram média de 39,2 mm de chuva em toda a cidade. Na Zona Oeste a média foi de 76 milímetro, na região dos bairros Redenção e Lírio do Vale, área mais atingida. Nas zonas Sul e Centro-Sul a média foi 75 mm, principalmente os bairros São Francisco e Adrianópolis.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.