Publicidade
Manaus
Manaus

Chuva forte causou desabamento de muros e alagações em Manaus

A chuva forte que caiu desde a noite de segunda (2) até esta madrugada ocasionou transtornos na cidade. Um muro que represava água da chuva desabou no bairro Crespo 03/11/2015 às 10:12
Show 1
Rua JB Silva, beco São Paulo, bairro Crespo, Zona Sul
ACRITICA.COM Manaus

A chuva que caiu em Manaus desde a noite de segunda-feira (2) até a madrugada de hoje causou transtornos na cidade, como desmoronamento de muro e alagações de casas. O caso mais crítico envolveu três casas situadas em área de declive no bairro Crespo, Zona Sul.

Em um dessas casas, localizadas na rua JB Silva, beco São Paulo, Crespo, um muro com 4 metros de altura desabou por volta das 23h15. A estrutura represava a água da chuva e acabou indo ao chão, ocasionando a alagação da residência, conforme informou o Corpo de Bombeiros.

De acordo com o órgão, não houve vítimas, apenas danos materiais à casa de propriedade de Alberto Costa, de 53 anos. Uma equipe da Defesa Civil Municipal também foi ao local fazer avaliação da estrutura da casa.

As outras duas casas, também localizadas em área de declive na rua JB Silva, beco São Paulo, Crespo, sofreram alagamentos. Nenhum desses outros dois casos teve vítimas, também apenas danos materiais. Segundo a Defesa Civil Municipal, as famílias foram cadastradas no órgão e orientadas.


Moradores tiveram prejuízos após a chuva. Antônio Menezes

Na manhã de hoje foi programada uma vistoria de avaliação no local para verificar a atual circunstância das estruturas das residências e se os moradores poderão retornar para o local.

Oito ocorrências

A Defesa Civil Municipal registrou outros alagamentos na cidade, com total oito ocorrências desse tipo. Além da rua JB Silva, no Crespo, também houve alagação em casas do bairro São Lázaro, Zona Sul: rua Magalhães Barata e rua São Vicente (beco Getúlio Vargas).

Falta de energia

Devido à forte chuva, vários bairros em Manaus registraram queda no fornecimento de energia elétrica, como no bairro Cachoeirinha e Centro, na Zona Sul; Tarumã e Ponta Negra, na Zona Oeste; Redenção e Flores, na Zona Centro-Oeste, entre outros.

Segundo a Eletrobras Amazonas Energia, em função dos raios durante o temporal, houve desligamento de alimentadores nas subestações de energia Cachoeira Grande, Ponta Negra, Redenção, Flores e Seringal, causando interrupções no fornecimento de energia elétrica em alguns pontos da cidade.

Conforme a Eletrobras, árvores e objetos atingiram as redes elétricas, causando danos ao sistema e também provocando desligamentos. No bairro Redenção, três postes tombaram durante o temporal. A área será “desenergizada” para viabilizar o trabalho das equipes de manutenção, que já se encontram no local.

Ainda de acordo com a concessionária de energia, o fornecimento do serviço nos locais citados foi normalizado gradativamente e, até as 10h desta terça-feira (3), 90% das áreas atingidas estão com o fornecimento normalizado. As equipes de manutenção da Eletrobras Distribuição foram a campo para restabelecer, o mais rápido possível, o fornecimento de energia.

Publicidade
Publicidade