Publicidade
Manaus
Manaus

Chuva forte em Manaus causou alagações, falta de energia, quedas de árvores e barrancos

Diversas ocorrências foram registradas pela Defesa Civil do Município, Corpo de Bombeiros e Eletrobrás Amazonas Energia após a chuva 07/11/2013 às 20:32
Show 1
Trânsito engarrafado foi uma das consequencias da chuva
ACRITICA.COM Manaus (AM)

Alagações, deslizamento de terras, tombamento de árvores e muros, trânsito engarrafado e falta de energia elétrica foram as consequências do temporal com ventos fortes que atingiu Manaus quinta-feira (7). Até as 14h30, choveu nas zonas Norte, Oeste e Leste da capital uma média de 38 milímetros, sendo 44 mm na Norte, 12,6 mm na Oeste e 60 mm na Leste.

Diversas ocorrências foram registradas pela Defesa Civil do Município, Corpo de Bombeiros e Eletrobrás Amazonas Energia. O caso mais grave foi o desabamento de um muro sobre três casas na avenida Timbiras, bairro Cidade Nova, Zona Norte. O muro fazia parte da sede de uma empresa de transportes e o acidente não teve vítimas, apenas danos materiais. O local será vistoriado nesta sexta (8) e talvez interditado.

A Defesa Civil verificou também riscos de desabamento em uma casa de alvenaria na rua 56, quadra 66, no bairro Amazonino Mendes, Zona Norte; em uma casa de madeira no beco São José, bairro Glória, Zona Sul; e em uma casa na rua P, bairro Armando Mendes, na Zona Leste. Alagações foram registradas na rua Sete de Setembro, Colônia Terra Nova, Zona Norte; e rua Escadaria, bairro Educandos, Zona Sul

Na comunidade N. S. Perpétuo Socorro, na Zona Norte, foi registrado um deslizamento de terra na rua André Araújo e o risco de tombamento de árvore na rua Sete. A Defesa Civil também verificou a abertura de uma cratera na rua 21, bairro Lírio do Vale, Zona Oeste, outro deslizamento de terra na avenida Codajás, bairro Petrópolis, Zona Sul; um destelhamento no bairro Ouro Verde; e queda de barranco na Colônia Santo Antônio.

Queda de árvores

O Corpo de Bombeiros também atendeu ocorrências. Uma árvore caiu sobre um carro picape na rua Cinco, bairro Manôa, Zona Norte; três árvores caíram sobre um edifício na rua Maria Teresa, loteamento Jerusalém, bairro Flores; quatro árvores pupunheiras caíram sobre uma garagem na rua Raquel, Petrópolis; um jambeiro caiu sobre uma casa na rua 25, Japiim, Zona Sul; e uma árvore paliteira caiu afetando a estrutura da Escola Estadual Luis Vaz de Camões, no Japiim.

Os Bombeiros também atenderam ocorrência de tombamento de árvores em via pública. Um dos casos ocorreu na rua Des. Felismino Soares, dentro da Vila Humaitá, Colônia Oliveira Machado, Zona Sul; na avenida João Câmara, Colônia Japonesa; na rua Brasília, bairro Coroado, Zona Leste; na avenida André Araújo, Aleixo, Zona Centro-Sul; e no condomínio Via Veneto, rua Nilton Lins, bairro Flores.

Trânsito

Conforme o Instituto Municipal de Fiscalização de Trânsito (Manaustrans), nenhum acidente foi registrado durante a forte chuva. Apesar disso, nove semáforos ficaram danificados e causaram transtorno nas ruas Duque de Caxias e Major Gabriel, na Praça 14, Zona Sul; na rua Ramos Ferreira e avenida Leonardo Malcher, no Centro; e na avenida André Araújo, Aleixo.

Energia elétrica

A Eletrobrás Amazonas Energia informou por meio de nota que foram registrados 344 ocorrências e atendimentos em Manaus após a forte chuva. Segundo a empresa, ocorreu desligamento de energia em alguns pontos dos bairros Centro, Coroado, Adrianópolis, Morada do Sol, Nossa Senhora das Graças, São Judas Tadeu, Flores e a região do Porto Chibatão.

De acordo com os Bombeiros, um poste de energia caiu na avenida Nathan Xavier Albuquerque, bairro Novo Aleixo, Zona Norte, impedindo o trânsito de veículos na faixa sentido Novo Aleixo/Avenida das Torres. Conforme a Amazonas Energia, ocorrências de interrupção do fornecimento de energia devem ser registradas pelo número 0800 701 3001.

Publicidade
Publicidade