Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019
Manaus

Chuva não impediu saída da população durante o feriado

Mesmo com tempo ‘feio’, mais de cinco mil veículos deixaram Manaus pela Ponte Rio Negro e BR-174 até a tarde desta sexta-feira (1)



1.jpg Pela barreira policial da BR-174 passaram mais de dois mil veículos, a maior parte nas primeiras horas da manhã
02/05/2015 às 09:48

A chuva e o tempo nublado não atrapalharam a movimentação das saídas da capital no feriado do Dia do Trabalhador. Na barreira policial que dá acesso à BR-174, o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (Batran) estima que dois mil veículos tenham passado pelo posto de fiscalização somente durante a manhã de ontem.

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Amazonas (Arsam) aponta que 20 mil pessoas tenham saído da capital pelo sistema regular de transporte via ônibus, vans ou veículos fretados.



Na barreira, dois mil veículos passaram pelo posto do batalhão, boa parte deles nas primeiras horas da manhã. Segundo o tenente Hilton Valente, entre as 7h e 8h30, o fluxo foi intenso no local. “As pessoas aproveitam esse horário porque o trânsito na cidade é mais calmo, aí acaba congestionando aqui. Trabalhamos com a média de 35 veículos por minuto aqui”, contou.

No local, seis veículos foram notificados por estarem com o licenciamento atrasado ou excesso de passageiros. Entre os municípios mais procurados estão Rio Preto da Eva e Presidente Figueiredo.

Ponte rio negro

O movimento intenso se repetiu no saída de Manaus pela Ponte Rio Negro, porém no horário da tarde. De acordo com a PM, três mil veículos atravessaram a Ponte em direção a municípios como Manacapuru, Novo Airão e Itapiranga.

De acordo com a sargento Telma, do Batran, o batalhão conta com reforço de outros dois policiais para fiscalizar veículos na cabeceira da Ponte. “Somos três aqui, mas precisamos desse apoio, principalmente pensando no retorno do feriado”, contou.

No posto, outros quatro veículos foram multados também por excesso de pessoas e licenciamento em atraso.

Ônibus

 Segundo a Arsam, 20 mil pessoas saíram da capital por meio de ônibus, vans e táxis fretados. As empresas de ônibus disponibilizaram 80 horários de partida da capital, das 5h30 até as 23h. As fiscalizações iniciaram no dia 30 de abril e devem seguir até amanhã.



Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.