Publicidade
Manaus
Manaus

Ciclistas de Manaus comemoram os avanços na luta por respeito

Data em homenagem aos adeptos das ‘bikes’ foi celebrada com um passeio ciclístico e encerra com Fórum 22/08/2015 às 16:24
Show 1
Além de comemorar as conquistas que já alcançaram em Manaus, os ciclistas também lembraram os obstáculos e adversidades que ainda têm que enfrentar
Náferson Cruz ---

Com o objetivo de debater os novos rumos da bicicleta no cenário urbano, o grupo Pedala Manaus promove o IV Fórum de Bicicleta Manaus. O evento, que será realizado no período de 27 a 30 deste mês, pretende promover um diálogo amplo sobre como a bicicleta pode ser ainda mais difundida na capital do Amazonas, utilizando a experiência bem sucedida de outras cidades que já são exemplos de ciclomobilidade, mas sempre com atenção para a realidade e peculiaridades locais.

Como parte das ações do movimento, mais de 150 pessoas celebraram o Dia Nacional do Ciclista, comemorado na semana que passou com um passeio de bike realizado pelas ruas de Manaus. A data foi instituída em alusão ao acidente de trânsito ocorrido em 2006, em Brasília, que culminou com a morte do ciclista, Pedro Davison, de 25 anos. Mais do que celebrar, os ciclistas querem agora lugar por direitos e segurança nas ruas

Os grupos de ciclistas de várias partes da cidade e também quem costuma pedalar sozinho se reuniram para realizar um percurso que teve início na alameda do Samba, próximo ao Sambódromo, e percorreu várias ruas de Manaus, encerrando na avenida Djalma Batista, onde os grupo homenageou o ciclista Antônio Simão, também vítima de acidente no trânsito, em maio deste ano.

Durante a homenagem os ciclistas fizeram uma saudação simbólica para lembrar os avanços alcançados na cidade em busca de maior respeito aos ciclistas e as dificuldades que ainda precisam ser superadas, como a falta de vias exclusivas para bicicletas.

Entre os grupos que apoiaram a ação está o “Pedala Manaus”. Para o coordenador do grupo, Paulo Aguiar, o passeio marca uma vitória para os apaixonados por ciclismo e que resistem na cidade, apesar das dificuldades estruturais nas ruas. “Os cenários urbanos das grandes cidades exigem dos governantes, políticas que resguardem a integridade do ciclista”. O coordenador também cita a questão do respeito como a maior dificuldade ainda enfrentada pelos ciclistas. “São importantes porque atingem questões primordiais que são a mudança de comportamento e cultura e, dentro delas, a dimensão do respeito é sem duvida a principal”, enfatizou. Simone Russo, também coordenadora do Pedala Manaus, diariamente, milhares de viagens de bicicletas acontecem silenciosas, anônimas e invisíveis na cidade de Manaus. “É a tal revolução do bem que veio pra ficar e pra transformar a capital”.

Rotina da atividade

Para que a performance seja mantida por mais tempo durante um treino, Jaime Oliveira, professor de Educação Física, ressalta que antes de sair para pedalar o ciclista precisa manter os níveis de glicogênio elevados, portanto levar suplementos a base de carboidratos e repositores hidroeletrolíticos (gatorade, sports drink) para treinos superiores a uma hora, além de bastante água.

Em números

10 Ciclistas morreram em acidentes de trânsito em Manaus nos últimos três anos. De acordo com o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), este ano, Antônio foi o primeiro ciclista morto em acidente de trânsito.

Vias compartilhadas

O presidente da Comissão dos Ciclistas do Amazonas, Jordan Gouveia, acredita que a falta de informação contribui para os problemas causados contra quem adere à prática. “O Código de Trânsito fala da bicicleta como modal, mas as pessoas não têm essa informação. É preciso trazer essa temática para mostrar que nós queremos compartilhar as vias, respeitar e sermos respeitados”.


Publicidade
Publicidade