Segunda-feira, 26 de Outubro de 2020
em campo

Cigás descarta vazamentos na rede de gás natural após acionamento

Ao longo deste mês de setembro, a Cigás foi acionada, por meio do número telefônico 117, com relatos sobre odor supostamente associado ao gás em bairros da zona Centro-Sul de Manaus



cig_s_641E18CA-AC52-48FF-8E13-6458E0E6B459.jpg Foto: Divulgação/ Cigás
22/09/2020 às 18:14

O gás natural é mais leve que o ar, portanto, em caso de vazamento, ele se dissipa rapidamente na atmosfera, sem se propagar ou emanar odor em regiões diversas. Responsável pela distribuição desse combustível em Manaus, a Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) dispõe de monitoramento da rede de gasodutos 24 horas por dia, sete dias por semana, e equipe de prontidão para atendimento em casos de suspeita de vazamento de gás.

Ao longo deste mês de setembro, a Cigás foi acionada, por meio do número telefônico 117, com relatos sobre odor supostamente associado ao gás em bairros da zona Centro-Sul de Manaus. Em todos os casos, a equipe técnica da companhia foi acionada para investigação nos locais de onde partiram os chamados, portando instrumento de detecção de gás e não foi observada nenhuma anormalidade, sendo descartada a hipótese de vazamento.



O diretor técnico comercial da Cigás, Clovis Correia Junior, observa que, pelas características intrínsecas do gás natural, seria impossível ocorrer presença de gás em vários pontos da cidade, em um eventual vazamento. “Na ocorrência de um vazamento na rede, seria observado um ruído no local, uma vez que o gás é transportado sobre pressão nas redes, o que não foi constatado. E mesmo se ocorresse, o gás subiria por ser mais leve que o ar, descartando qualquer chance de odor espalhado por diversas localidades”, informou.

Na noite dessa segunda-feira e na manhã desta terça-feira (22), a equipe técnica da Cigás realizou medições nos locais de onde partiram os chamados sobre odor, sendo descartada qualquer anomalia ou possíveis vazamentos ao longo da rede presente nos bairros Parque Dez de Novembro, Adrianópolis e adjacências. O odor foi notado também em regiões onde sequer há rede de gás natural, como no bairro Aleixo. É possível conferir o mapa dos gasodutos da Cigás no site www.cigas-am.com.br.

Além do monitoramento presencial, a Companhia conta com um sistema de supervisão com monitoramento 24 horas por dia da rede de distribuição, a partir do Centro de Controle Operacional (CCO). Através de um sistema de fibra ótica, o CCO monitora informações sobre a vazão, pressão e temperatura dos dutos, bem como o fechamento remoto das válvulas.

Pelo centro de controle, a Cigás também constatou que não houve registro de quaisquer alterações nas condições operacionais. “Em nossos controles no CCO, não foi observado nenhuma diferença de pressão, em nenhuma de nossas malhas. Portanto, o fornecimento de gás também segue sem alterações operacionais", comunicou Clovis.

Em caso de suspeita de vazamento, a Companhia deve ser acionada através do número 117. 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.