Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
CESTA BÁSICA

Cinco produtos puxam aumento do preço da cesta básica em Manaus no mês de março

O custo da cesta, composta por 12 produtos, teve variação de 0,34% em relação a fevereiro, ficando no valor de R$ 358,28, segundo o Dieese



feij_o_cesta.JPG
O preço do feijão aumentou 2,61% em relação ao mês de fevereiro (Foto: Reprodução Internet)
05/04/2018 às 12:37

Cinco produtos puxaram o aumento do preço da cesta básica em Manaus durante o mês de março, conforme dados divulgados hoje (5) do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Segundo o órgão, o custo da cesta, composta por 12 produtos, teve variação de 0,34% em relação a fevereiro, ficando no valor de R$ 358,28.

O feijão foi o produto que apresentou maior alta no mês (2,61%) seguido da carne (1,88%), da banana (0,18%), do tomate (0,17%) e do pão (0,12%). O café (-4,09%) foi o produto que apresentou maior queda seguido do açúcar (-4,05%), do óleo de soja (-1,58%), do leite (-1,27%), do arroz (-1,06%), da farinha de mandioca (-0,87%) e da manteiga (-0,56%).

No mês anterior, o conjunto de itens alimentícios essenciais custava R$ 357,05. Em março de 2017 a cesta básica custou R$ 371,93. Assim, a capital amazonense continua a ocupar a 14° colocação no ranking das cestas, dentre as 20 capitais onde a pesquisa é realizada. 

Cesta x salário mínimo

Quando se compara o custo da cesta e o salário mínimo líquido, ou seja, após o desconto referente à Previdência Social, verifica-se que o trabalhador remunerado pelo piso nacional comprometeu, em março de 2018, menos da metade dos vencimentos 40,82 % para adquirir os mesmos produtos que, em fevereiro de 2018, demandavam 40,68%.

Em março de 2018, o tempo de trabalho necessário para adquirir os produtos da cesta básica em Manaus foi de 82 horas 37 minutos, ligeiramente maior do que a jornada calculada para fevereiro de 2018, de 82 horas 20 minutos.

Alimentação

O custo da cesta básica para o sustento de uma família de quatro pessoas (dois adultos e duas crianças, sendo que estas consomem o equivalente a um adulto) foi de R$ 1.074,84 durante o mês de março de 2018.

Esse valor equivale a aproximadamente 1,13 vezes o salário mínimo bruto, fixado pelo governo federal em R$ 954,00. No mês anterior, o custo da cesta básica para esta mesma família era menor e foi de R$ 1.071,15, 1,12 vezes o salário mínimo bruto.

País

Em março, o custo do conjunto de alimentos essenciais diminuiu em 12 capitais, segundo os dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). As reduções mais expressivas ocorreram em Salvador (-4,07%), Recife (-3,82%) e Belém (-3,24%). As maiores taxas positivas foram registradas nas cidades de Campo Grande (2,60%) e Curitiba (2,22%).


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.