Segunda-feira, 17 de Junho de 2019
SAÚDE

Classificados em concurso da Susam de 2014 protestam por convocação em Manaus

Eles interditaram a avenida André Araújo, em frente à sede da Secretaria de Estado de Saúde, exigindo que sejam convocados e nomeados



45a8a021-016c-4cd8-9354-2a8295bb4a34_093B325E-2B28-4A12-8B6E-881CF9B87337.jpg Foto: Jander Robson
02/04/2019 às 09:58

Os classificados e cadastro de reserva do concurso da Secretaria de Estado de Saúde (Susam) de 2014 interditaram um trecho da avenida André Araújo, no bairro Aleixo, em Manaus, em frente à sede do órgão, na manhã desta terça-feira (22), pedindo convocação e nomeação prometida no final do ano passado pela nova gestão. Segundo os manifestantes, a validade do concurso termina no dia 17 de abril.

“Nós estamos fazendo essa manifestação para que a Susam chame os concursados de 2014. Nós estamos tentando negociar com a nova gestão há mais de três meses, inclusive eles assinaram um documento dizendo que eles iam nos chamar, mas até o dia 1° de abril nada foi feito, momento nenhum posicionamento por parte do governo ou secretário de saúde referente a uma data exata de chamada dos concursados”, afirmou a aprovada para a função de técnico em administração, Deyse Corrêa.

Dentre os profissionais de saúde estão os de nível Fundamental, Médio e superior. De acordo com a comissão de aprovados, são mais de 774 cargos em aberto tanto para os classificados quanto cadastro reserva. “Há cerca de 1077 cargos ocupados por terceiros e mais 402 contratados pela Susam sendo que nós estamos cansados de esperar. A secretaria diz que não há orçamento porém a gente consegue ver no portal da transparência que em fevereiro de 2019 eles ainda continuam contratando terceirizados e pagando a pessoas que nunca prestaram um concurso", afirmou ainda.

Márcia Lima Vasques passou no concurso para o cargo de agente administrativo. “A gente está reivindicando por que eles não conseguem dar uma data específica e estamos no aguardo. Tivemos retorno da reunião com a secretária executiva e o secretário anterior e eles ficaram de dar uma posição no máximo no início de abril e é essa resposta que queremos, quando será a data de convocação”, afirmou.

Outra classificada no concurso, desta vez para o cargo de fonoaudióloga, é Rosilene Lima, que aguarda o chamamento há cinco anos. Ela diz que dentre 49 vagas disponibilizadas ela está na 34° classificação. “Nas maternidades têm várias fonoaudiólogas terceirizadas e nós estamos a mercê. A nossa manifestação o para ver o que nós podemos fazer por nós mesmos, vamos esperar e conforme for nós ainda vamos acampar”, disse ela.

Resposta da Susam

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informou que o titular da pasta, Rodrigo Tobias, recebeu a comissão de concursados de 2014 que ainda aguardam por convocação e reafirmou o compromisso em realizar uma chamada antes do prazo final de validade do concurso. Segundo Tobias, uma equipe está finalizando os estudos que vão permitir que a convocação tenha o menor impacto possível sobre a folha de pagamento do Estado, que já ultrapassou o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Uma nova reunião ficou marcada para a quinta-feira (4).

O secretário da Susam, Rodrigo Tobias, disse ainda reconhecer o direito do candidato pela vaga conquistada e que esse direito será resguardado. "O trabalho que vem sendo feito é no sentido de substituir servidores do Regime Especial Temporário (RET) e de todas as pessoas que foram aposentadas ou que faleceram, abrindo espaço na folha de pagamento", divulgou a Susam.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.