Publicidade
Manaus
HABILITAÇÃO

CNH Digital deve ser lançada no Amazonas na próxima semana, diz presidente do Detran

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Vinicius Diniz, o órgão já está preparado para emitir a CNH Digital. Gratuidade no oferecimento do serviço não está assegurada 20/02/2018 às 05:04 - Atualizado em 20/02/2018 às 07:15
Show diniz
Foto: Euzivaldo Queiroz
Silane Souza Manaus (AM)

A Carteira Nacional de Habilitação Digital (CNH-e), que traz maior mobilidade, praticidade e comodidade aos condutores, deve ser lançada na próxima semana no Amazonas. A informação é do diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), Vinicius Diniz. De acordo com ele, o órgão está preparado para emitir o documento.

Diniz falou sobre o assunto, nessa segunda-feira (19), durante o início da campanha “Volta às Aulas”, que visa conscientizar pais e alunos sobre a importância de tomar alguns cuidados nas vias públicas e garantir a segurança no trajeto de ida e volta à escola.

A carteira eletrônica, cuja emissão será obrigatória em todo o Brasil, a partir do dia 1º de julho, poderá ser apresentada no lugar do documento físico e será identificada pela leitura do QR Code (código digital). O registro tem a mesma validade do documento impresso e está disponível para os condutores que tiraram ou renovaram a habilitação depois de maio do ano passado.

Ainda não está confirmado se a CNH-e será oferecida gratuitamente aos motoristas do Amazonas. “Estamos trabalhando para que seja gratuito, mas não depende de nós”, afirmou o diretor-presidente.

CNH-e: adiamento da obrigatoriedade

O prazo para que todos os Estados fossem obrigados a oferecer a CNH Digital foi adiado de 1º de fevereiro para 1º de julho pelo Ministério das Cidades e o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). O motivo: apenas metade dos Estados estava preparada.

CNH Social

Durante a abertura da campanha "Volta às Aulas, o diretor-presidente do Detran-AM também declarou que pretende em, no máximo, 30 dias divulgar a pré-seleção dos primeiros candidatos aprovados no projeto CNH Social. Apenas os inscritos do interior do Estado serão atendidos na primeira etapa do programa que vai habilitar gratuitamente 10 mil amazonenses. Não há previsão para a chamada da população de Manaus.

Publicidade
Publicidade