Publicidade
Manaus
Manaus

Colégio IEA comemora 135 anos de fundação com festa para alunos e professores

Com 1.300 alunos de ensino médio e fundamental, escola comemora aniversário com danças, poemas, desenhos e até a exposição de fardamentos antigos 04/11/2015 às 15:20
Show 1
Fundado em 1880, o IEA está situado na avenida Ramos Ferreira, no Centro
Isabelle Valois ---

VEJA IMAGENS

Alunos, ex-alunos, professores e funcionários do Instituto de Educação do Amazonas (IEA) iniciaram na manhã desta quarta-feira (4) as comemorações pelos 135 anos de fundação da escola que fica localizada no Centro de Manaus.

A programação pelo aniversário do IEA continuará durante todo o dia como forma de prestar contas à sociedade. Segundo a administração da escola, as portas da instituição estarão abertas para aqueles que quiserem visitar e conhecer um pouco dos trabalhos desenvolvidos pelo IEA em favor da educação no Estado.

Fundado em 1880, o IEA está situado na avenida Ramos Ferreira, no Centro, bem em frente à praça Antônio Bittecourt, mais conhecida como Praça do Congresso. Atualmente, são mais de 1.300 alunos que fazem parte da instituição, divididos entre ensino médio e ensino fundamental.

Para marcar o dia 4 de novembro, as comemorações iniciaram no ginásio do IEA com cerimônia cívica de hinos do Brasil, do Amazonas e da própria instituição. Nos últimos 5 anos, a pedagoga Shirley Souza vem assumindo a gestão do IEA e é reconhecida por trabalhar com dedicação.

“O IEA sempre foi responsável pela formação da sociedade manauara. Deste instituto saíram muito alunos formados em magistérios e hoje são professores e gestores importantes de nossa sociedade. Nossa meta atual é as universidades, e nosso orgulho é conseguir colocar muitos de nossos alunos nos cursos mais concorridos”, disse.

A pedagoga da instituição, a professora de filosofia Mariete Ribeiro de Queiroz, 62, iniciou a sua carreira de educadora no próprio IEA, em 1979, e desde então dedicou a vida para educação e formação de muitos que passaram por lá.

“Ele foi e será a minha segunda casa. Me dediquei, desenvolvi e preparei mentes do futuro, inspirando meus alunos a aprenderem e descobrirem, mas também lhes fornecendo base para que tornassem pessoas melhores”, disse Marinete.

A pedagoga se despediu com uma linda homenagem ao instituto e. para deixar uma forma de agradecimento, foi convidada a cortar o bolo de aniversário do IEA. “Aqui conquistei meu espaço, aprendi a amar e ser amada. Aprendi que não devemos ter medo, e temos que enfrentar todos os obstáculos e assim termino minha jornada de pedagoga e educadora saindo como uma vencedora do IEA”, disse emocionada.

Desde 2009 o ensino no IEA passou a ser de tempo integral (diurno), e desde 2012 o colégio começou a ter aulas de ensino fundamental. A programação de aniversário de 315 anos do colégio se estende a tarde com apresentações de danças, poemas, desenhos e até a exposição de fardamentos antigos da instituição.

Publicidade
Publicidade