Publicidade
Manaus
CRIME ORGANIZADO

Colombiano responsável por parte da contabilidade da facção FDN é preso

Investigações revelaram que a função de Edinson Chacom era recolher parte dos lucros da facção e promover depósitos em diversas contas bancárias 01/11/2017 às 22:43 - Atualizado em 01/11/2017 às 22:48
Show colombiano 123
Edinson Manuel Chacom. Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

A equipe de investigação do 23° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob coordenação do delegado Cícero Túlio, prendeu no fim da tarde desta quarta-feira (01°), o colombiano Edinson Manuel Chacom, apontado como um dos responsáveis pela contabilidade da facção criminosa Família do Norte (FDN).

Com o mesmo foi encontrado uma quantidade expressiva de entorpecente, tendo ele se identificado para os policiais com um documento falso. O local da prisão não foi revelado.

As investigações se iniciaram há pouco mais de 15 dias, tendo sido identificado que o colombiano mantinha conversas com diversos integrantes da FDN com a função de recolher parte dos lucros da facção e promover depósitos em diversas contas bancárias.


Parte do material recolhido pela equipe de investigação 

Edinson mantinha ligação direta com o traficante Edelson Moraes de Souza, o “Daka”, flagranteado hoje por uma equipe da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) com uma submetralhadora. Ele é apontado como um dos responsáveis pela negociação de depósitos para acondicionar entorpecentes em outros estados como o Pará.

As investigações apontaram que o colombiano chegou a negociar três toneladas de cocaína com traficantes do Pará. A função de Edinson Manuel Chacom era recolher parte dos lucros da facção e promover depósitos em diversas contas bancárias.

As conversas mantidas pelo aplicativo WhatsApp revelaram que o colombiano movimentava quantias vultuosas decorrentes do movimento do tráfico de drogas da FDN.

O colombiano foi autuado em flagrante por tráfico de drogas, uso de documento falso e associação para o tráfico e será encaminhado para audiência de custódia.

Publicidade
Publicidade