Publicidade
Manaus
NEGOCIAÇÃO

Com 34 anos de atividades em Manaus, Lato Sensu é vendido para o Grupo Saber

A Saber prevê para 2019 a abertura de uma nova unidade do Lato Sensu em Manaus, em Ponta Negra, com oferta de ensino integral e proposta bilíngue. 24/09/2018 às 16:19
Show col gio latu snesu 0158df58 b892 41d9 aec9 0708ebcbf0f6
acritica.com Manaus

O Centro Educacional Lato Sensu, tradicional colégio com unidades em Manaus, no Amazonas, e em Rio Branco, no Acre, passa a fazer parte da Saber, subsidiária da Kroton com dedicação exclusiva à educação básica. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (24) pela diretoria das escolas e as lideranças da organização, que estarão, nos próximos dias, na capital amazonense e em Rio Branco para apresentar-se e esclarecer todas as dúvidas dos colaboradores e dos responsáveis pelos alunos.

Fundado em 1984 pelas professoras Clarice Pazuello Benzecry e Ivete Melo França, com o propósito de contribuir para o desenvolvimento da sociedade por meio de uma educação baseada na excelência acadêmica e na construção de valores fundamentais, como respeito, ética e responsabilidade, o Lato Sensu tem, hoje, quatro unidades em Manaus (Adrianópolis, Centro, Ponta Negra, Cidade Nova) e uma em Rio Branco, oferecendo da educação infantil ao ensino médio a 3,8 mil alunos.

Com a aquisição pela Saber, a instituição manterá a mesma proposta pedagógica sólida, com acompanhamento próximo a cada aluno, extremo compromisso da equipe e trabalho em parceria com as famílias. Esses diferenciais se confirmam não só em excelentes resultados em exames de desempenho como o Enem, mas também em vínculos formados com os profissionais e ex-alunos.

“O Lato Sensu acredita em uma escola acolhedora e desafiadora, que dê aos alunos a autonomia necessária para explorar o seu potencial de forma plena”, disse o diretor-geral do Lato Sensu, Álvaro Sanches. “Essa nossa visão pedagógica contará, ainda, com mais estrutura para se desenvolver a partir da integração com a Saber”, afirmou. Sanches já dirigia uma das unidades do colégio e, agora, assumirá a gestão geral-administrativa de todas as unidades, enquanto as professoras e sócias Ivete e Clarice continuarão como conselheiras, participando do planejamento e decisões mais estratégicas, e Olívia Portantiolo permanecerá como diretora pedagógica de todas as unidades.

 “A integração do Lato Sensu é uma etapa fundamental para realizar a nossa missão na região norte do Brasil. O colégio está em completa harmonia com a visão da Saber: oferecer educação de excelência, com tradição e inovação para construir valores humanos e formar cidadãos”, disse Mario Ghio, diretor-presidente da Saber.

A Saber é uma organização dedicada exclusivamente à educação básica, com a missão de levar soluções educacionais de excelência a todo o Brasil. Criada em 2018 com base em um histórico de mais de cinco décadas de experiência no segmento, a organização conta com escolas próprias em Belo Horizonte (MG), Vitória (ES) e, agora, em Manaus e em Rio Branco.

“Queremos possibilitar que o colégio continue sua trajetória de sucesso e qualidade, com melhorias de estrutura e gestão, para levar ainda mais benefícios aos alunos e professores. O objetivo é dar continuidade ao trabalho de qualidade que estava sendo desenvolvido, contribuindo com estrutura para os colégios adquiridos e compartilhando com eles as experiências bem-sucedidas que tivemos aqui e que vemos no exterior”, disse Ghio.

A Saber prevê para 2019 a abertura de uma nova unidade do Lato Sensu em Manaus, em Ponta Negra, com oferta de ensino integral e proposta bilíngue.

Sobre a Saber

A Saber é um grupo dedicado exclusivamente à educação básica, com a missão de levar soluções educacionais de excelência a todo o Brasil.  Feita por educadores, para educadores e seus alunos, a Saber foi criada recentemente com base em um histórico de mais de cinco décadas de experiência na educação básica. Está presente em todas as regiões do Brasil, administrando escolas e oferecendo soluções educacionais na forma de livros didáticos, sistemas de ensino e programas socioemocionais para ensino de idiomas, formação docente, entre outros. O grupo consolida os sistemas de ensino Rede Pitágoras, Rede Educação e Valores (RCE) e Rede Cristã de Educação, o Colégio Pitágoras, de Belo Horizonte (MG), o Centro Educacional Leonardo da Vinci, de Vitória (ES), além da operação de escolas sob a modalidade de contratos, entre elas, as escolas da Embraer, Vale e Alcoa, que são referências nacionais de qualidade.

Publicidade
Publicidade