Publicidade
Manaus
Manaus

Com 57 milímetros de água em quatro horas, forte chuva causa deslizamentos e desabamentos

Desabamento não deixou vítimas. Corpo de Bombeiros informou que outras partes de estrutura podem cair e Defesa Civil deve ser acionada 09/11/2014 às 20:47
Show 1
Galpão ainda corre risco de desabar, então os bombeiros isolaram a área por precaução
ACRITICA.COM Manaus (AM)

A forte chuva que cai sobre Manaus desde às 10h deste domingo (9) - mesmo dia em que são realizadas as provas do segundo dia do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) - continua deixando um rastro de destruição, com desabamentos de imóveis e deslizamentos de barrancos. Em toda a capital, já foram registrados mais de 57 milímetros (mm) de água em todas as regiões da cidade, além de uma queda de mais de 7 graus na temperatura em questão de horas.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), a sua estação meteorológica localizada entre as avenidas Mário Ypiranga Monteiro (antiga Recife) e Maceió, na Zona Centro-Sul, registrou pouco mais de 57 mm de volume de chuva em quatro horas. O céu nublado da manhã, que deixava a marca de 30,4°C nos termômetros locais, deu lugar ao temporal, que chegou rápido e forte e fez a temperatura cair abruptamente para 23,7°C em menos de uma hora, chegando a marcar 23°C por volta de 13h.

Já a Defesa Civil municipal registrou dados pluviométricos que somam 57,2 mm. A Zona Centro-Oeste foi a mais afetada, registrando 102 mm. Em seguida, está a Zona Norte, com 53 mm; a Zona Sudeste, com 52,4 mm; e a Zona Oeste, com 21,2 mm.


No bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus, parte de um galpão desabou, atingindo dois veículo que estavam estacionado na rua Crisostomo Jobim. Segundo o Corpo de Bombeiros, não há registro de vítimas. Um veículo parado na via foi atingido com os destroços e outro, mais adiante, também foi acertado com a estrutura, que permanece com risco de desabar.

“Nesse tipo de ocorrência, apenas verificamos a existência ou não de vítimas nos escombros, registramos os danos e, não existindo vítimas, acionamos a Defesa Civil municipal”, informou o Corpo de Bombeiros.

De acordo com a Defesa Civil, o galpão tem dimensões de aproximadamente 30x50 metros. O órgão informou que o proprietário não foi encontrado. O galpão é antigo e segundo informações de moradores da comunidade, o imóvel encontrava-se abandonado. Os Bombeiros e a Defesa Civil isolaram a área por conta do risco de outras partes desabarem.

Deslizamento

Um deslizamento de barranco também foi registrado durante a chuva deste domingo. Segundo a Defesa Civil, o caso ocorreu na rua 16 do bairro Vale do Sinai, Zona Norte de Manaus. O órgão informou que a terra atingiu a parede de uma residência, porém não há informações de vítimas. Uma equipe está no local para fornecer apoio. 

Publicidade
Publicidade