Quarta-feira, 22 de Maio de 2019
SAÚDE

Com complicações renais, Amazonino Mendes está internado no Hospital Sírio Libanês

Ex-governador do Amazonas deu entrada no hospital em São Paulo na última terça-feira (7)



amazonino_4BBE8AB4-0BE2-4300-957E-95CFC6E24030.jpg
Foto: Arquivo/AC
09/05/2019 às 18:07

O ex-prefeito de Manaus e ex-governador do Amazonas Amazonino Mendes (PDT) está internado desde terça-feira (7) no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O político, de 79 anos, teria tido complicações renais. O quadro de saúde atual não foi informado, mas a previsão é que ele tenha alta no domingo (12), e então retorne a Manaus.

Em abril, Amazonino Mendes informou ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) que não poderia comparecer a audiência do processo movido por Wilson Lima, por calúnia e difamação, porque passaria 30 dias em São Paulo em um tratamento de saúde. A doença, no entanto, não foi informada nos autos.

Uma semana depois o ex-governador voltou de  São Paulo. À época, o assessor particular, coronel Otávio Júnior, disse que ele estava muito bem de saúde.

Amazonino opinou

Na semana passada, Mendes opinou sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que resguardou os créditos de IPI gerados pela Zona Franca de Manaus. Para ele, o Estado tem a oportunidade de viver “um novo momento econômico” e o debate político está “pobre”. Amazonino critica a agenda das instituições, que na opinião dele, deve ir além da aprovação e entrega de “medalhas”.

Amazonino voltou à cena política em agosto de 2017, quando derrotou Eduardo Braga (MDB) e assumiu o governo tampão, após José Melo (Pros) ser cassado. No ano passado, ele concorreu à reeleição, mas perdeu o cargo para Wilson Lima (PSC).

Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.