Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
BONS NEGÓCIOS

Com crescimento de 75% em seis anos, mercado sem carne ganha opções em Manaus

Coxinha, pizza, esfirra, churrasco, bolo e até sushi vegano: as opções de alimentos veganos crescem no mercado manauara, movimentando a economia do segmento. Confira:



veganismo_AFA1A2CD-52F1-4DA6-888A-C5A18ED562FE.JPG Edi Sabor Vegetariano foi o restaurante especializado em Manaus a trazer um self-service para o público vegano (Foto: Euzivaldo Queiroz)
09/02/2019 às 16:31

Alimentar-se de maneira saudável pode parecer desafiador! Os fast-foods estão em toda a parte, assim como as guloseimas e os alimentos calóricos, que podem ser facilmente encontrados nas prateleiras de supermercados. No entanto, quem se dispõe a colocar em prática uma rotina alimentar mais vigorosa, principalmente os veganos e vegetarianos, sabe  onde encontrar a receita que pesa menos na consciência e no bolso!

No Brasil, existem mais de 29 milhões de vegetarianos, ou seja 14% dos brasileiros. Os dados são da Sociedade Vegetariana Brasileira e mostram crescimento de 75% em seis anos, o que consequentemente impulsionou a quantidade de estabelecimentos voltados para esse público.

Coxinha, pizza, esfirra, churrasco, bolo e até sushi vegano: as opções de alimentos veganos crescem no mercado manauara, movimentando a economia do segmento. E se depender da organizadora do núcleo da Sociedade Vegetariana Brasileira em Manaus, Camila Correa, o setor crescerá ainda mais.

“Estamos  trabalhando diretamente com os empresários para que, com a nossa consultoria, mais estabelecimentos participem da nossa campanha ‘Opção Vegana’ ou façam  convênio conosco”, comenta.

O Pizzaria Vegana Delivery dispõe de pizzas de variados sabores, conquistando os adeptos ao cardápio vegano. Segundo a responsável pelo empreendimento, Cláudia Santana, a inspiração começou quando ela precisou mudar a rotina alimentar e notou que na cidade não havia muitas opções para comer.

“Quando meu esposo adoeceu, nós decidimos mudar toda a nossa alimentação. Adotamos o vegetarianismo estrito. E foi quando começamos a produzir a pizza vegana em casa. Hoje, produzimos mais de 20 sabores”, conta.

As pizzas são vendidas na faixa de R$ 35 a R$ 50. Ou seja, não muito acima do valor das pizzas tradicionais, que custam em média, a partir de R$ 30. 

Já para quem procura refeições, há restaurantes em Manaus especializados em comida vegetariana. Uma dessas alternativas é o Edi Sabor Vegetariano, que foi pioneiro na capital manauara. A dona do estabelecimento, Edinelza Araújo conta que além da busca por mais qualidade alimentar, a variedade no cardápio é um dos requisitos  buscados pelo público.

“Nossos clientes gostam de variar. E aqui nós oferecemos uma infinidade de pratos. Temos opções como   lasanha de carne de jaca, lentilha à bolonhesa, salgadinhos veganos, rocambole e estrogonofe”, diz.

O preço das refeições, de domingo a terça-feira é  R$ 59. Nas segundas-feiras, todos pagam apenas R$ 19,90.

Quebrando o Tabu

A falta de informação leva algumas pessoas a acreditarem que o fato de não comer carne pode ser prejudicial à saúde. Vegetariana há cinco anos, Louise Pascarelli já passou por situações constrangedoras.

“Ouço perguntas do tipo: ‘O que você come?’ Antes me chateava.  Agora levo numa boa, explico e converso”, lembra.

Aos poucos, este cenário começa a ser modificado, conforme destaca a também vegetariana Cibelle Vialle.

“Sempre converso com os garçons dos restaurantes que não têm opções no menu e acabamos montando juntos alguma opção dentro das possibilidades da cozinha do local”, explica.

Cosméticos e maquiagem

O veganismo é um estilo de vida ainda mais abrangente que o vegetarianismo. Ser vegano é abrir mão não só de comer carne e alimentos derivados de animais. Esse estilo de vida se abstém até mesmo do uso de cosméticos, vestuários e medicamentos de origem animal. É exatamente por  isso que o mercado começa a ser ampliado, aos poucos, para essas pessoas.

 Gabriela Feitosa é a primeira maquiadora vegana do Amazonas. Após adotar o veganismo como estilo de vida, decidiu ousar e contribuir de maneira efetiva em prol da causa animal.

 “Notei que a população do nosso estado não tinha alternativas nesse ramo, como profissionais que só trabalhassem com produtos veganos, então há dois anos decidi “dar a cara à tapa” e iniciar esse movimento lindo e sem crueldade animal”, conta.

E esse mercado não para por aí. Em Manaus, o ‘Cheiro Ciganos Cosméticos’ é a rota de fuga para os veganos  renovarem o estoque de cosméticos.

Responsávelo pelo local, o químico Paulo Simonetti conta suas motivações.

“Cresci em Manaus, escutando o uso de mil ervas e chás, o  que me incentivou a trabalhar na área de Química e Biologia. Mas eu sentia que faltava algo, e fui buscar inspiração na cultura afroindígena. Foi assim que surgiu a lojinha virtual”, conta.

Classificação

As marcas de maquiagem vegana seguem dois critérios: não contém nenhum produto de origem animal e não foram testadas em nenhum bicho. Esses itens são imprescindíveis na classificação. Ingredientes como ácido estearato, ácido oleico, cera de abelhas, colágeno, glicerina, lanolina, guanina ou albumina estão fora de cogitação por terem origem animal. Marcas gringas como Cover Fx, Spectrum, Elf Cosmetics, Pacifica são amigas dos animais.

serviço

PIZZARIA VEGANA

Apenas delivery. (92) 99612-3762. @pizzaria_vegariana

 EDI SABOR NATURAL

Avenida Mário Ypiranga, nº 54 Adrianópolis. (92) 981207707 @edisabornatural_veg

GABRIELA FEITOS A MAKE

  Condomínio Sargento Pantoja, rua E, n º 5. @gabifeitosamakeup.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.