Publicidade
Manaus
Manaus

Com movimento mais intenso no Centro, atenção é fundamental para não ser roubado ou furtado

A população adota medidas para evitar perdas, como segurar bem objetos, não "ostentar" aparelhos eletrônicos nas vias e andar com pouco dinheiro, o suficiente para comprar o que precisa. Policiamente reforçado também ajuda a fiscalizar criminosos 20/12/2014 às 13:24
Show 1
População tem que ficar atenta com seus pertences, principalmente em áreas movimentadas como o Centro de Manaus
camila leonel Manaus (AM)

Quem anda nas ruas do Centro de Manaus precisa ter cuidado para não ser vítima de furtos e assaltos. No fim do ano, com o aumento do movimento nas ruas e nas lojas, o cuidado precisa ser redobrado para não ter os pertences roubados na hora das compras. Para evitar essas ocorrências, a população desenvolveu técnicas para não ser um alvo fácil dos ladrões e “batedores de carteira”, além de contar com a presença de policiais.

A principal medida tomada pelas pessoas é segurar a bolsa firmemente, principal alvo dos ladrões, para evitar que ela seja aberta sem que a pessoa perceba ou mesmo seja levada. A operadora de caixa Antônia Alves anda com uma bolsa pequena, que fica sempre à frente e junto ao corpo. “Eu venho com uma mini-bolsa e segurando ela o tempo todo. Também venho cedo para evitar tumultos e não trago muita coisa, apenas o dinheiro e o suficiente para o que vou comprar. Não fico abrindo a bolsa e evito atender o celular”, conta.

Para quem anda de mochila, como o pedreiro Cláudio Castro, os cuidados são os mesmos. Mochila para trás? Nem pensar! “Ando sempre com a mochila para o lado segurando o tempo todo e prestando atenção com as pessoas próximas a mim”, disse.



Outra estratégia é levar apenas o valor que vai gastar nas compras e sempre em trocados para não chamar a atenção com as notas de maior valor. “Tenho cuidado com a bolsa e o dinheiro vem certinho e trocado”, disse a autônoma Eliana dos Santos. Alguns tentam também ser discretos até no jeito de se vestir como é o caso da aposentada Darcy Marques. “Saio bem simples, quanto mais simples melhor, se bem que hoje em dia não tem mais essa. Mas procuro sair simples e prestando bastante atenção”.

Enquanto alguns seguram bem as bolsas, outros preferem nem levá-las na hora das compras. O estoquista Rafael Lima leva o mínimo de coisas na hora das compras e coloca nos bolsos da roupa. “A gente só traz o dinheiro para comprar as coisas e fica escondido nos bolsos da frente e é segurando o bolso o tempo todo. Cordão e carteira ficam em casa”, contou.

Policiamento

Desde o dia 8 de novembro, a Polícia Militar lançou a Operação Natal 2014 para aumentar a segurança nos locais de grande concentração de pessoas, com comércio ou operações bancárias intensos principalmente no centro de Manaus. Segundo o Comandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), Franclides Ribeiro, mais de 80 policiais da Academia de Polícia Militar estão dando reforço  no centro da cidade aos mais de 200 policiais da Força Tática e da Ronda Ostensiva Cândido Mariano, que fazem o policiamento na área. Ainda de acordo com o comandante, houve poucas ocorrências e que maioria é de roubos e furtos.

A recomendação é que “quando se dirigirem ao centro da cidade evite volumes e grandes quantidades de dinheiro e dar preferência ao cartão de crédito e débito. A população deve também tomar cuidado com bolsas e pertencer de valor. Qualquer anormalidade percebida, o cidadão deve informar ao policiamento no local”, alertou o comandante.

Na Avenida Eduardo Ribeiro, uma viatura da 4° Cicom fia de prontidão para atender ocorrências. Na Rua Marechal Deodoro, uma das mais movimentadas do centro, policiais se revezam em quartetos e fazem uma ronda a pé. O sargento Erivaldo, que fazia a ronda a pé na Marechal Deodoro informou que o movimento estava tranquilo e que a principal ocorrência era de”batedores de carteira”.

Publicidade
Publicidade