Publicidade
Manaus
Manaus

Comerciante é morto a pauladas na estrada da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus

Vítima era proprietária de uma barraca de venda de frutas na via e foi encontrada por populares no acostamento. Segundo polícia, crime aconteceu durante desentendimento após bebedeira, com suspeita de latrocínio 13/10/2014 às 10:25
Show 1
Corpo estava apenas com um calção e foi recolhido pelo IML
ACRITICA.COM* Manaus (AM)

O comerciante Edilon Flores da Silva, de 45 anos, foi encontrado morto e com marcas de espancamento por volta das 7h desta segunda-feira (13), por populares que passavam na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, na Zona Oeste de Manaus. A vítima era proprietária de uma barraca de venda de frutas na via, próximo ao local onde o corpo foi encontrado.

Conforme o tenente J. Wolff, da 19ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a vítima possivelmente foi "morta por pessoas que a acompanhavam". Segundo ele, moradores disseram que viram três homens ingerindo bebida alcoólica durante a madrugada, sendo Edilon um deles. Por volta das 5h30, o crime teria ocorrido, possivelmente após um desentendimento entre eles.

De acordo com populares, o trio se preparava para deixar o local e embarcar em veículo estacionado na via, não identificado, quando houve uma briga verbal seguida de agressão física contra Edilon, que passou a ser golpeado com um pedaço de pau por todo o corpo, inclusive na região da cabeça. O incidente teria começado, supostamente, após uma tentativa de roubo.

Conforme informações, os acompanhantes de Edilon, embriagados, teriam tentado roubar da vítima o dinheiro referente à venda de frutas e Edilon acabou morto ao resistir. O objeto usado para o crime foi deixado no local e recolhido nesta manhã pela polícia. O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML) e caso será investigado na Delegacia de Homicídios (DEHS).

*Colaborou com a repórter Girlene Medeiros

Publicidade
Publicidade