Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
SISTEMA PRISIONAL

Compaj tem 'alteração', informa Seap; explosões foram ouvidas

Situação é preocupante no presídio, que também fica no Km 8, onde já foi registrada, neste domingo, uma fuga em massa do Ipat



IMG0017395801.JPG
Compaj tem alteração neste domingo; Seap deve se pronunciar até as 18h (Foty
01/01/2017 às 17:20

Além da fuga de pelo menos 20 detentos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), o sistema prisional do Amazonas também enfrenta, neste domingo, um motim no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, que também fica no Km 8 da BR-174.

Até as 17h, não havia detalhes sobre o que de fato ocorria no interior da unidade. Da frente do Ipat, que fica nas proximidades do Compaj, era possível ouvir barulhos de explosões.  A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) confirmou a ocorrência de uma "alteração", mas afirmou que mandaria uma nota sobre o ocorrido até as 18h, que não ocorreu até às 19h30.

Uma parente de detento ligou para a redação de A CRÍTICA e afirmou, demonstrando muita preocupação, que a situação era tensa na unidade prisional.  "Peçam para enviar reforço para lá, porque a situação está feia", afirmou ela, que não quis se identificar. "Tenho uma pessoa lá dentro e ela disse que tá muito complicado e perigoso lá", relatou a senhora, em duas ligações feitas à redação.

A equipe de A CRÍTICA presenciou ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e viaturas da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) e do Comando de Operações Especiais (COE) em direção ao Compaj. Até 18h30, nenhuma viatura do Instituto Médico Legal havia chegado ao local, mas o efetivo policial direcionado era muito grande, com policiais chegando até em ônibus ao Compaj.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.